Sonetos : 

RUPESTRE

 
Tags:  SONETOS 2024  
 
RUPESTRE

Os campos que s'estendem nas vertentes,
Em meio a madrugadas nevoentas,
Nos levam por estradas poeirentas
Para além d'horizontes esplendentes!

Reparo as culminâncias adjacentes,
Ao perscrutar das nuvens as tormentas,
Mas cuido de evitar-me peçonhentas:
Um olho no céu e outro nas serpentes…

Participo ao presente: “Estou aqui”.
E me alegro de quanto vejo e vi,
Certo que tu, Gerais, quem me motivas.

— “Quão belos são os campos do Senhor?!” —
Eu contemplo a beleza ao meu redor:
Cactos, canelas-d’ema, sempre-vivas…

Lapinha da Serra - 15 06 2024


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
110
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 18/06/2024 20:45  Atualizado: 18/06/2024 20:45
Membro de honra
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 1937
 Re: RUPESTRE
Soneto muito bem escrito e de fácil entendimento.
Gostei. Abraços.