https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Ao Olhares

 
Por breves instantes esqueci quem era.
Envolvi-me no teu olhar terno.
Coloquei na mesa a possibilidade de te beijar,
Tal a sedução que lançaste em mim.
Quero acreditar que em ti existe loucura inatingível;
E ao mesmo tempo o sabor que recordo em teus lábios,
Vigora a todo o tempo na minha áurea de comum mortal!

15 de Dezembro de 2006


© Gonçalo Lobo Pinheiro

 
Autor
glp
Autor
 
Texto
Data
Leituras
660
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 22/10/2008 23:46  Atualizado: 22/10/2008 23:46
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Ao Olhares
Belíssimo.
Muito bom.

Enviado por Tópico
Cinderela
Publicado: 22/02/2009 15:49  Atualizado: 22/02/2009 15:49
Da casa!
Usuário desde: 03/02/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 284
 Re: Ao Olhares
Lindo...momento encantador, não?

Beijos mágicos,
Cinderela