https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 5 »
Offline
glp
Mariana
Grito por ti nas horas soltas do tempo. Não te ter causa-me dor por dentro, Onde me encontro sozi...
Enviado por glp
em 16/04/2010 02:13:24
Offline
glp
Aqui, junto a mim
Debruço-me na tua pele. O teu cheiro inebria-me os sentidos. Consigo me perder só de entrar nos t...
Enviado por glp
em 02/03/2010 23:52:43
Offline
glp
Faltas-me
continuo a perguntar por ti ao tempo. haverá ainda tempo e aquela nossa brisa que se ria para nó...
Enviado por glp
em 17/02/2010 22:38:29
Offline
glp
Interlúdio de prazer
tenho saudades tuas, da tua pele e do teu cheiro na esquina do meu pensamento quero-te, não apen...
Enviado por glp
em 15/02/2010 16:18:17
Offline
glp
Insónia
Com um livro tento quebrar a insónia desta noite longa, onde o frio me tolhe a capacidade de cons...
Enviado por glp
em 15/02/2010 11:55:43
Offline
glp
na casa aberta
à Margarete falo palavras amordaçadas como preso em mim e no meu sentir. sou de desejar escrever...
Enviado por glp
em 28/11/2009 12:38:31
Offline
glp
sem destino
hoje e sempre citadino percorro esta calçada à portuguesa, onde vagueio sem destino, na busca inc...
Enviado por glp
em 05/11/2009 16:21:59
Offline
glp
Sofá das Ilusões
Vou andando, alheio e devagar, ao teu encontro. Estás meio perdida, deitada no teu sofá, E junto ...
Enviado por glp
em 03/11/2009 15:05:51
Offline
glp
diluído
esta chuva que cai e me limpa o raciocínio das contas feitas; de uma vida passada a custo pela ma...
Enviado por glp
em 21/10/2009 17:57:40
Offline
glp
Ao virar da esquina
Vejo-me na rua. Viro uma esquina, outra a seguir. Ao fundo acenas ao meu sorriso. Nele tens a cer...
Enviado por glp
em 15/10/2009 01:03:37
Offline
glp
O inesperado
Rolei a cabeça para te encontrar. Estavas aí, vestida de perfume brando e sincero, Onde a loucura...
Enviado por glp
em 04/08/2009 02:21:14
Offline
glp
Banco de jardim
Apetece-me! Hoje sento-me no banco do jardim. Aqui espero a tua chegada. Hás-de vir um dia, eu se...
Enviado por glp
em 29/07/2009 17:27:59
Offline
glp
Tu e Eu
Às vezes há momentos que são eternos. Só de estarmos aqui, lado a lado, juntos A ouvir o som do a...
Enviado por glp
em 18/07/2009 04:21:59
Offline
glp
Prazo
É na parede branca que penduro um quadro. Nele contem a imagem de uma fotografia qualquer. Podia ...
Enviado por glp
em 14/07/2009 02:01:43
Offline
glp
Comigo nunca ficarás sozinha
Saudade, relutância, tremor, Ambiguidade na amizade e no amor. Comigo nunca ficarás sozinha. Sou ...
Enviado por glp
em 09/07/2009 00:12:50
Offline
glp
Na cidade
E a cidade adormece Depois do ocaso forte de um dia morto. Nada fiz, apenas assisti ao definhar d...
Enviado por glp
em 07/07/2009 00:00:11
Offline
glp
O Pinho foi brega
Hoje o Pinho foi brega, e brega continuou. Lá se pôs o homem de chifres postos para o adepto verm...
Enviado por glp
em 03/07/2009 01:09:56
Offline
glp
O caminho do desassossego
Conheço o caminho do desassossego. Nele deambulo agora, surgindo aqui e ali As dúvidas de uma nov...
Enviado por glp
em 02/07/2009 01:15:33
Offline
glp
Molestado pelo amor só (Sob o signo de Freud)
Se te dissesse o que quero Saberias que almejo a luz firme. Sei que iluminado sou diferente, Port...
Enviado por glp
em 30/06/2009 23:47:33
Offline
glp
Al-hamma
O meu lugar é aqui, Onde os caminhos se estreitam E as calçadas gastas cantam o fado. No beco o c...
Enviado por glp
em 23/06/2009 01:06:24
(1) 2 3 4 5 »