Poemas : 

Lia

 
Ah Lia,
De ti, a cada letra lia,
Relia, e ficava, á ler...
Jaz o tempos, as falas
Não liam, pois calas,
O meu amor.
Mas o coração, relia
Os versos, e repetiam,
A cada instante, ao ler,
Os risos, que se faziam,
A alma, vai lendo,
E sofre o sofrer, sofrendo,
Por não ler, as palavras,
Sumiram....


Antônio Logrado

 
Autor
Antonio Logrado Caeiro
 
Texto
Data
Leituras
851
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
goretidias
Publicado: 24/04/2007 17:08  Atualizado: 24/04/2007 17:08
Colaborador
Usuário desde: 08/04/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 1237
 Re: Lia
Um belo jogo de palavras!