https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

Nostalgia

 

Faz uma pausa
Escuta a minha voz
Há sinais de cansaços
Nostalgia de um tempo nosso
olhares cativos
na linha do horizonte
Heranças desavindas
Um tempo novo
cumplicidades,
Partilhas,
sonhos
gerados

Ah, a minha alma
de criança adiada
Num mundo melhor
Malditas guerras,
guerrinhas
sempre reinventadas
sempre remoçadas
Nunca extintas

Escuta a minha voz
Há sinais de cansaços
Afectos dissimulados
Corações proibidos
Lares destroçados
Olhares de criança
Onde reina a discórdia
beijos apenas ansiados
A carícia que tarda
Mimos esquecidos
Aconchegos olvidos
histórias de embalar,
por contar, esquecidas
Magias desconhecidas
fadas por inventar

Escuta a minha voz magoada
Meu nascimento
foi jura de amor
sinto-me atraiçoada

Faz uma pausa, vê e escuta
Este é o meu reino de criança
rejeitada
("Mami, Escuta a minha voz cansada e dorida de Ti")


Juve

 
Autor
juvepp
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1569
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gilberto
Publicado: 03/05/2007 13:13  Atualizado: 03/05/2007 13:13
Colaborador
Usuário desde: 21/04/2007
Localidade: V.Nde GAIA-Porto
Mensagens: 1804
 Re: Nostalgia
Goetei muito deste grito de alerta.

Belíssimo poema!

Parabéns.

Beijinhos


Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 03/05/2007 22:18  Atualizado: 03/05/2007 22:18
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Nostalgia
Gostei muito deste poema. Muito forte. Vou lê-lo em voz alta para ver se consigo sem ficar sem fôlego.

Bjs