https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Meras fotografias

 
As tuas fotos, a passarem nesta moldura digital,

fazem-me recordar os passeios que partilhámos.

As cidades que percorremos ou as visitas à capital,

são hoje estilhaços do tempo em que nos amámos.



A distância que nos separa, fisicamente, não é breve.

Nunca te senti, enquanto estive presente ao teu lado.

O que te dei foi mais do que, algum dia, alguém teve

naquilo a que se podem chamar “ironias deste fado”.



São meras fotografias que me trazem à lembrança,

os escassos traços que evocam reproduções do rosto

que se esfumaça num passado, outrora tão presente.



Tenho, ainda, alguns curtos esquissos de esperança

de te ver, por entre um qualquer ermo sol de Agosto,

perto do afecto que hoje te torna deveras ausente.
 
Autor
Tytta
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1961
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Hisalena
Publicado: 10/05/2009 22:38  Atualizado: 10/05/2009 22:38
Colaborador
Usuário desde: 30/09/2007
Localidade: Leiria
Mensagens: 758
 Re: Meras fotografias
Um bonito e doce poema, saudoso, com um toque de tristeza mas iluminado por uma réstia de esperança, pelo desejo de voltar ao que um dia foi uma bonita história de amor.
Muito bonito.

Enviado por Tópico
lfracalossi
Publicado: 18/05/2009 00:52  Atualizado: 18/05/2009 00:52
Da casa!
Usuário desde: 04/05/2009
Localidade: Campo Grande -MS -Brasil
Mensagens: 447
 Re: Meras fotografias
Uma bonita história de amor, que embora finda, ainda emite raio de luz de esperança...
Lindo!
Beijos