https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Consolação tardia

 
Recolhe-te ao silencio das pedras
e viaje no sofrimento sem fim
calado sem se queixar a ninguém
sinta na carne a dor tardia de uma separação

apaga os doces momentos felizes
e volta para a realiadade da razão

um novo amor ainda não bateu na minha alma
mas um dia inesperado - ela chegará
e sem pedir licença
entrará sutilmente na minha triste existencia

www.rnrodrigues.over-blog.com

 
Autor
r.n.rodrigues
 
Texto
Data
Leituras
883
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.