https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

RODINHA26-VIAGEM

 
A ESTIBORDO!
ARRUMARAM-SE VELAS DE LINHO,
E NOS LIMBOS CORAÇÕES A PAZ.
BRINDARAM-SE EM TAÇAS DE VINHO,
O FINDAR DAS COISAS DO CAMINHO,
DO OUTRORA FICADO P´RA TRÁS.

Á RÉ!
LEMES QUEBRADOS PELO INVENTO,
DAS TEMPESTADES DE DESILUSÃO,
RUGIAM Á DIREITA, FUGIAM AO VENTO,
TORNADO VIVO EM FURACÃO.

BOMBORDO! Á PROA.
ENSANGUENTADAS VEIAS E BRAÇOS...
E NA TESTA BRINCAVAM SUORES,
DAS LIDAS FAINAS E EMBARAÇOS,
PROCURANDO DIAS MELHORES.

TERRA Á VISTA!
MENSAGENS VOARAM EM POMBAS,
P´RA DESTRUIÇÃO DE ARMADAS VIAGENS;
REGISTARAM-SE DESTRUIÇÕES EM BOMBAS,
NOS DITOS MALDITOS DE MENSAGENS

www.rodinha26.blogtok.com<br />
....................................................
Viagem, conquista, guerra ...


O homem antes de ser o ente do ser é o ser do-ente

Livros:

Quase um Livro:
www.rodinha26.blogtok.com
Coisas da escrita:
www.avkd.blogtok.com
Um tratado:
www.gov.blogtok.com

Projectos Web:
Um Portal:
ww...

 
Autor
JSL
Autor
 
Texto
Data
Leituras
588
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 18/06/2007 16:26  Atualizado: 18/06/2007 16:26
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: RODINHA26-VIAGEM
Esta rodinha da viagem está excelente! Na minha opinião uma das grandes mesmo! E com conhecimento de linguagem de marinheiro!!!

Beijinhos Poeta!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/06/2007 16:35  Atualizado: 18/06/2007 16:35
 Re: RODINHA26-VIAGEM
Vieram -me à mente "capitães-ganchos"."Jack's Sparrow"!!! Navios piratas, negreiros, fantasmas!
Eu estava lá... amarrada ao leme!... como aquele espartilho me apertava...
Show!
bjs.

Enviado por Tópico
JSL
Publicado: 18/06/2007 16:45  Atualizado: 18/06/2007 16:45
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2007
Localidade: Minho
Mensagens: 679
 Re: RODINHA26-VIAGEM
Somos marinheiros na viagem da vida. Também nós navegamos por "mares nunca antes navegados". Porque a poesia é sempre em rumo ao desconhecido. E vocês além de o saberem também o sentem. Embarquei na vossa nave quando me retiraram das águas revoltadas.

Sras capitães ... aceitem este poema:

A vida é um ponto e vírgula
De um texto algo poético
Em nós vive um Calígula
De um ponto final patético
Que nos tira à sorte
A vida que dá à morte.


Enviado por Tópico
JSL
Publicado: 18/06/2007 18:38  Atualizado: 18/06/2007 18:38
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2007
Localidade: Minho
Mensagens: 679
 Re: RODINHA26-VIAGEM
Pois é ...

O teu silêncio comenta-me. Sei bem o que pensas por isso o pleonasmo pode ficar na gramática a dormir uma eterna sesta.

Uns escrevem poemas, enquanto eu, pelos vistos, escrevo rodinhas ... pois caros amigos já dizia o velhinho inspirador desse título:
"enquanto a rodinha 26 andar, vá que não vá, o pior vai ser quando..."

Terminei a primeira de três partes e a rodinha26, é um livro singelo de poucas páginas.

Todos os seus textos (poemas ou rodinhas) bem espremidos darão um belo título para uma grande epopeia: a da poesia.

Pois que tanta coisa distingue o homem dos animais mas a poesia distingue-nos dos homens.

Eu sei
tu sabes
ele sabe

É preciso acabar com os homens para que acabem os poetas. Alguém disse isto (e tudo o que está escrito), por outras palavras.

Deixei de escrever, como sabes, logo isto são, lembretes para o que há-de vir.

Furou-se-me uma rodinha, vou mudar de palavra.