https://www.poetris.com/

 
« 1 (2) 3 4 5 ... 15 »
Offline
Junior A.
Tempo
Chega-se na vida ao tempo, Em que a espera por amor termina, Onde se senta perante a vida, E torn...
Enviado por Junior A.
em 18/06/2008 15:16:22
Offline
Junior A.
Apaixona-se
Ao fundo, num canto, vejo o espelho, mudo Intacto, ainda que por si, reflita as luzes, Dispersas,...
Enviado por Junior A.
em 10/06/2008 16:07:48
Offline
Junior A.
Porto
Traz-me o tempo, As lembranças de outrora, Onde eu era porto, E tu fugida das tormentas Cá desca...
Enviado por Junior A.
em 06/06/2008 15:55:55
Offline
Junior A.
Ensejo
Eu sei que ei de amar-te E por tanto ei de seguir, Amante, mesmo somente em parte Ei de poucos ve...
Enviado por Junior A.
em 19/05/2008 17:05:59
Offline
Junior A.
Perdoa-me
Eu bem queria escrever-te Uns, ainda que poucos Versos singelos, amantes. Mas talvez, me ame pouc...
Enviado por Junior A.
em 19/05/2008 16:51:58
Offline
Junior A.
Saudade...
Leio-te entre os versos, De folhas embranquecidas D'onde tinge a saudade tinta solúvel Que l...
Enviado por Junior A.
em 18/05/2008 01:20:35
Offline
Junior A.
Vãs palavras...
Quando nos achegar os lábios, Dado a tudo que nos fora intemporal, Quando nos der a vida o descan...
Enviado por Junior A.
em 13/03/2008 00:10:55
Offline
Junior A.
Te apressa..
Se sabes ver além destes meus olhos amuados, E entendes o descanso deste meu ser cansado. Não t...
Enviado por Junior A.
em 28/02/2008 15:16:31
Offline
Junior A.
As vezes...
As vezes, somente as vezes, O meu eu desprecavido Mistura-se a poesia, E me é tanta agonia, Que m...
Enviado por Junior A.
em 19/02/2008 18:52:43
Offline
Junior A.
O amor que me deste
O amor que me deste (Já que assim o chamava) Fora o motivo do meu desconsolo. Destelhou as estrel...
Enviado por Junior A.
em 14/02/2008 11:54:18
Offline
Junior A.
Sou poema...
Queria eu, ser o poema que lhe apetece Aos olhos fartos e impregnados ao verso. Ser-te a lembran...
Enviado por Junior A.
em 11/02/2008 15:02:38
Offline
Junior A.
Incógnita
Se não me querias, Por que o caminhar, Se os pés descalços Flagelam e cansam. A alma sem ti segui...
Enviado por Junior A.
em 09/02/2008 11:52:56
Offline
Junior A.
A dualidade do sentir
‘Não coloque amor entre aspas’ Pois de pouco valeria tuas rédeas Nas águas indomáveis do amor Que...
Enviado por Junior A.
em 01/02/2008 14:28:11
Offline
Junior A.
Doce lar
Havia um lar de amores onde todos os dias nos encontrávamos, hoje talvez não tenha um motivo apar...
Enviado por Junior A.
em 01/02/2008 14:02:41
Offline
Junior A.
É, talvez...
Talvez um dia, n’outro tempo Em que os beijos não hão-de ser declínios Nem as mágoas hão-de ser e...
Enviado por Junior A.
em 30/01/2008 21:29:12
Offline
Junior A.
Contingente
Engasto-me, portanto esqueço Desfaço, desato-me, do peso Que levo n'alma, se esquece? Que o ...
Enviado por Junior A.
em 28/01/2008 13:46:48
Offline
Junior A.
Eis o fim.
“Esse é o fim de todo e qualquer servo do amar cegamente; morrer pelas mãos daquilo que tanto ama.”
Enviado por Junior A.
em 25/01/2008 11:23:19
Offline
Junior A.
Basta-me
Vasculho os cantos, o que n’alma tem Recolho os pedaços, de teus risos Os mesmos(lindos) dados a ...
Enviado por Junior A.
em 19/01/2008 17:36:39
Offline
Junior A.
Embaidor
O amor que me deste (Já que assim o chamava) Fora o motivo do meu desconsolo. Destelhou as estrel...
Enviado por Junior A.
em 19/01/2008 16:14:14
Offline
Junior A.
Embaraço
Não te preocupes com o meu chorar, É apenas mais uma(de tantas) tristeza, Logo(corriqueira) no pe...
Enviado por Junior A.
em 16/01/2008 13:37:12
« 1 (2) 3 4 5 ... 15 »