https://www.poetris.com/

 
« 1 ... 4966 4967 4968 (4969) 4970 4971 4972 ... 5018 »
Textos deste autor
Offline
nunorita
"Quadrilogia" das estações - Primavera
PRIMAVERA Já estamos quase a chegar, Sinto-o nas minhas penas. Estou cansada de viajar, Quero de...
Enviado por nunorita
em 16/04/2007 15:49:50
Textos deste autor
Offline
Mel de Carvalho
Palavras sem rosto
Não, não são minhas as palavras com que escrevo estas linhas. Nem sequer tuas, que aqui as lês......
Enviado por Mel de Carvalho
em 16/04/2007 12:34:37
Textos deste autor
Offline
Tália
Amanhã
Amanhã quando me cruzar no teu caminho e olhar-te nos olhos, quero sentir as palavras que escrev...
Enviado por Tália
em 16/04/2007 09:26:22
Textos deste autor
Offline
Dionísio Dinis
Sem título(69)
Hoje comia-te no galope da promessa Hoje Durante e depois Doava-me sem qualquer pressa Dion...
Enviado por Dionísio Dinis
em 15/04/2007 22:51:30
Textos deste autor
Offline
Dionísio Dinis
Sem título(68)
Mato-me hoje? Suicido-me amanhã? Morri ontem? Estou desnascendo agora? Sepulto-me já? Em qu...
Enviado por Dionísio Dinis
em 15/04/2007 22:23:41
Textos deste autor
Offline
Tytta
Tempo
Acordar... deixar a vida tomar conta do tempo e fazer do tempo uma questão de segundos arrancados...
Enviado por Tytta
em 15/04/2007 20:28:43
Textos deste autor
Offline
Diego M.
Rosas Maltratadas (103)
Não deixes as rosas murcharem Pois são elas que exalam O aroma perfumado da Primavera Com a anun...
Enviado por Diego M.
em 15/04/2007 09:57:30
Textos deste autor
Offline
ângelaLugo
Rosas belas
Lindo é o frescor da manhã Que desabrocha as rosas mais belas Que enfeitam as donzelas Em suas pe...
Enviado por ângelaLugo
em 14/04/2007 23:37:57
Textos deste autor
Offline
lucibei
Beijar
Beijar Beijar é acto sublime Mesmo se em outras vertentes Beija o mar a areia fina E beija a ter...
Enviado por lucibei
em 14/04/2007 23:17:49
Textos deste autor
Offline
Valdevinoxis
A paciente espera pela esperança
Recostei-me e esperei... Esperei por esperança Como se fosse uma criança Que crê em regra de lei,...
Enviado por Valdevinoxis
em 14/04/2007 23:11:32
Textos deste autor
Offline
Antonio Logrado Caeiro
E sofrer....
Bem conheço os degraus desta escada amar Que por vezes, arduamente subi, sem mágoa Muito á conheç...
em 14/04/2007 20:15:51
Textos deste autor
Offline
Farinho
Rima
Construi uma rima com palavras de amor, acrescentei-lhe alegria, Enfeitei-a com uma flor, decorei...
Enviado por Farinho
em 14/04/2007 16:50:52
Textos deste autor
Offline
Irons
Sonhos e Pesadelos
Fraco o corpo que se deixa levar Pela brisa das marés e ondas do mar Seguindo sem rumo para onde ...
Enviado por Irons
em 14/04/2007 13:58:57
Textos deste autor
Offline
FatimaLima
Posse
E vieram as cavalarias Com seus soldados dourados Levantando a poeira de longe Mudando o rumo dos...
Enviado por FatimaLima
em 14/04/2007 05:02:33
Textos deste autor
Offline
FatimaLima
Tirania
Antes onde era noite se fez um dia E o que veio depois ninguém sabia Apenas a luz fraca A janela ...
Enviado por FatimaLima
em 14/04/2007 04:33:55
Textos deste autor
Offline
Diego M.
Distração (102)
Distraio-me com as palavras Brincando com os versos Saboreando algumas rimas Que neste está em fa...
Enviado por Diego M.
em 14/04/2007 00:05:46
Textos deste autor
Offline
Antonio Logrado Caeiro
Encetar
Dar-se ao gesto intensidade Dar-se a dor do amor atendado Dar-se o riso sem maldade Quando se vê ...
em 13/04/2007 22:44:26
Textos deste autor
Offline
carola
olhar perdido
O olhar perdido, oco, vazio Na multidão cheia, intensa, completa E um sentimento avesso, contrá...
Enviado por carola
em 13/04/2007 13:29:04
Textos deste autor
Offline
Antonio Logrado Caeiro
Os versos
Por vezes, Espreito alguns versos Que não são meus, Cobiço-os, e percebo, neles Me são confessos...
em 13/04/2007 01:34:30
Textos deste autor
Offline
Valdevinoxis
Três bichinhos ao acaso
O primeiro bichinho: Uma libélula, Voa trémula, Rainha de um riacho Que corre com despacho. P...
Enviado por Valdevinoxis
em 13/04/2007 00:41:49
« 1 ... 4966 4967 4968 (4969) 4970 4971 4972 ... 5018 »