https://www.poetris.com/

 
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Ribalta
Ribalta São quatro horas dessa tarde cinzenta Não sei se vai fazer frio ou vai chover Mas o que ...
Enviado por João Marino Delize
em 06/06/2018 20:52:20
Textos deste autor
Offline
elendemoraes
(Video) NATAL - Renascer do nada
Natal- Renascer do nada Feliz Natal e um 2017 maravilhoso para todos nós!
Enviado por elendemoraes
em 24/12/2016 10:07:06
Textos deste autor
Offline
FilamposKanoziro
Frederico e o raio laser
Nessa esteira, considero os danos à imagem devido à má atuação do Frederico e seus amigos lea...
Enviado por FilamposKanoziro
em 15/08/2014 10:47:49
Textos deste autor
Offline
cleo moreno
Em vão
Do alto , o asfalto molhado é espelho a refletir os farois num constante vai e vem convergindo-se...
Enviado por cleo moreno
em 29/07/2014 04:23:30
Textos deste autor
Offline
LuizMorais
Só restou o sofrer
"... distribuindo em toda parte uma fatia de todo seu amor...” ---------------------------...
Enviado por LuizMorais
em 07/07/2014 23:59:38
Textos deste autor
Offline
LuizMorais
Canção para os olhos de Anita nº 6
"... ansioso por eles, procuro num céu de aquarelas...” ----------------------------------...
Enviado por LuizMorais
em 06/07/2014 11:27:06
Textos deste autor
Offline
cleo moreno
Em Vão
Do alto , o asfalto molhado é espelho a refletir os farois num constante vai e vem convergi...
Enviado por cleo moreno
em 15/04/2014 02:28:51
Textos deste autor
Offline
MariadeFatima
Luzes sobre ás Águas
Luzes Sobre às Águas Vejo luzes refletindo sobre ás águas luzes refletindo o noite da cidade ado...
Enviado por MariadeFatima
em 22/11/2013 18:10:59
Textos deste autor
Offline
marcosstavaress
Crimes que carrego
Meu olho na janela nem expressa sentimentos, ao longe vejo luzes que não revelam de onde eu vim. ...
Enviado por marcosstavaress
em 29/07/2012 16:19:14
Textos deste autor
Offline
elendemoraes
NATAL - renascer do nada -
NATAL - Renascer do nada (Elen de Moraes) Deixo fluir o espírito do Natal Que bate forte, no...
Enviado por elendemoraes
em 20/12/2011 02:45:14
Textos deste autor
Offline
oORegougar))
O Pôr do Sol para um Poeta
"Surge em plumas prismáticas, feixes, vertentes em luzes variadas. O tom cósmico endeusa a e...
Enviado por oORegougar))
em 29/11/2011 11:40:48
Textos deste autor
Offline
MariadeFatima
NaTaL, JaMaIs SeRá o MeSmO.
Natal! Natal! sempre foi muito doce, cheio de sabores, sabores muito, mas, muito mesmo, especiai...
Enviado por MariadeFatima
em 11/11/2011 18:35:24
Textos deste autor
Offline
lcdasilva
Monólogo
Hoje acordei com um dia nublado, Londres e assim sempre abafado. Cortinas arriada, dia cinzento,...
Enviado por lcdasilva
em 03/11/2011 13:52:19
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Coisas da noite
Coisas da noite A tarde desce como a aeronave que se vai Leva os últimos brilhos e afasta a c...
Enviado por João Marino Delize
em 04/03/2011 14:41:12
Textos deste autor
Offline
DFScary
Quando as luzes se apagam
Os dias correm,como cavalos selvagens As noites passam,lentas como o leve correr da agua nas folh...
Enviado por DFScary
em 03/05/2010 20:25:13
Textos deste autor
Offline
poeta-perdido
SUICÍDIO DIGITAL
Lentes bifocais Ódios dissabores tais Causam náuseas As luzes psicadélicas As armas bélicas Rupt...
Enviado por poeta-perdido
em 06/01/2010 21:54:49
Textos deste autor
Offline
Betha Mendonça
Luzes & Saudades
Luzes & Saudades by Betha M. Costa Hoje à noite acenderei lampiões, Pelos pontos entre as ...
Enviado por Betha Mendonça
em 22/12/2009 15:01:07
Textos deste autor
Offline
Iolanda Brazão
No rítmo da emoção.
Mesmo sem querer... Acabei querendo. Mesmo sem querer amar... Acabei amando. E a vida se fez fest...
Enviado por Iolanda Brazão
em 16/08/2009 20:14:06
Textos deste autor
Offline
cleo moreno
Em Vão
Do alto , o asfalto molhado é espelho a refletir os farois num constante vai e vem convergindo-se...
Enviado por cleo moreno
em 19/12/2008 18:46:39