https://www.poetris.com/

 
Offline
Arménio Cruz
OLHOS VERDES
OLHOS VERDES Quando olho os teus olhos Vejo a montanha, vejo o mar Ficam os meus olhos cegos Po...
Enviado por Arménio Cruz
em 21/07/2008 14:53:54
Offline
Arménio Cruz
IMPLORO
Imploro Imploro assim sentado Nesta cadeira pregado Com a alma já doente De tanto implorar De ...
Enviado por Arménio Cruz
em 10/12/2007 15:14:18
Offline
Arménio Cruz
OUVIR O TEU PENSAMENTO
OUVIR O TEU PENSAMENTO O som do teu pensar É estranho, mas oiço Sei tudo sem te ouvir falar N...
Enviado por Arménio Cruz
em 08/11/2007 17:12:45
Offline
Arménio Cruz
FOGO
FOGO És a chama que arde em mim Que ...
Enviado por Arménio Cruz
em 08/11/2007 16:51:09
Offline
Arménio Cruz
NEVOEIRO DA VIDA
NEVOEIRO DA VIDA Sentado e acordado na vida Qual pensador em desespero Tentando sarar a feri...
Enviado por Arménio Cruz
em 05/10/2007 18:23:35
Offline
Arménio Cruz
TEMPO PERDIDO
TEMPO PERDIDO Tempo perdido no tempo O tempo que passa perdido A coragem de viver este tempo...
Enviado por Arménio Cruz
em 18/09/2007 16:07:57
Offline
Arménio Cruz
OS OLHOS TEUS
OS OLHOS TEUS Gosto de ti assim Da forma como olhas para mim ...
Enviado por Arménio Cruz
em 05/09/2007 15:20:05
Offline
Arménio Cruz
QUE MAR ENORME!
Que mar enorme Ele que a todos domina E a mim tanto fascina Agora me faz sentir arrepio Com a s...
Enviado por Arménio Cruz
em 03/09/2007 15:41:28
Offline
Arménio Cruz
VISÕES DE AMOR
VISÕES DE AMOR Hoje vi-te tão bela Passeando numa ruela Correndo com alegria Na boca um...
Enviado por Arménio Cruz
em 03/09/2007 15:27:06