https://www.poetris.com/

 
Offline
fbmateus
nem o teu nome.
nem o teu nome. perdi-te muito antes de pensar nisso. procurei-te no além da tal curva onde t...
Enviado por fbmateus
em 17/04/2016 02:32:21
Offline
fbmateus
em ti, Alma mãe.
volto à Alma mãe. agora que consegui descoser-te de mim, programei o regresso na mesma nudez ...
Enviado por fbmateus
em 14/04/2016 19:28:12
Offline
fbmateus
queda.
fico-me. sou a presença ténue de um fogo nunca visto antevisto enganador em sedução mas isso...
Enviado por fbmateus
em 13/04/2016 22:45:02
Offline
fbmateus
incompletude.
se tem sido possível...? queres mesmo saber sim. não te falo do modo. dos dias. dos muitos mo...
Enviado por fbmateus
em 13/04/2016 15:29:42
Offline
fbmateus
denúncia.
ecos. pancadas de Molière. eu amo-te bisavas. única sílaba em mim por dentro Tu! ,denunciav...
Enviado por fbmateus
em 11/04/2016 10:35:04
Offline
fbmateus
circunstâncias.
mudos. tu que nem olhaste para trás. eu que nem pude olhar-te de frente. foi sempre assim. t...
Enviado por fbmateus
em 10/04/2016 23:41:11
Offline
fbmateus
contra tempo(s)
ácido outrora mel deitada à tua boca mordiscavas-me a ilusão e eu soltava o riso nada em ti ...
Enviado por fbmateus
em 09/04/2016 19:30:39
Offline
fbmateus
como
como me vestes com as tuas palavras de onda selvagem! mas sou areal que se despe na ausência...
Enviado por fbmateus
em 07/04/2016 20:59:41
Offline
fbmateus
corpo vestido
traz-se o corpo vestido pelo alinhamento da vida e onde correm os dias. oscila ao vento o vest...
Enviado por fbmateus
em 06/04/2016 16:12:15
Offline
fbmateus
in tento
escusa sem arrependimento: meu ato continuado de lamber as tuas palavras enquanto toco o vi...
Enviado por fbmateus
em 05/04/2016 21:56:03