https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de nereida

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de nereida

Brandura

 
    Brandura
 
Por onde eu ia
Caminhos que não disfarço
Meus pés descalços
Não vejo a estrela guia.

Meus olhos à procura
Pisando a relva macia
Gota de orvalho me acaricia
Sorriu com brandura.

Por onde eu ia
Para onde eu vou
Quero alçar voo
Quanta melancolia.

Sem meu eu,sem ti
Sem flores do jardim
Longe mesmo de mim
Nas asas da pomba juriti.

Nereida

https://novanereide.blogspot.com
 
    Brandura

Rosa vermelha

 
Rosa  vermelha
 
Porque me fere,
Se te admiro tanto?
És voluntariosa, quanto!
Meu coração aberto insere.

Todo teu perfume
E todo teu charme
O desejo que me ame
E não tenha ciúme.

Não. não! tudo que preciso
No alto de sua beleza
Tenha um pouco de nobreza
Seu espinho fere, peço mais ciso.

Sua deslumbrante cor
Vermelho da paixão
Trouxe em meu coração
Você não sabe mas... é seu meu Amor.

Nereida

https://novanereide.blogspot.com
 
Rosa  vermelha

Sonhadora

 
Sonhadora
 
Parte de mim
Corre pela relva orvalhada
Com pés nus ,refrescada
Ser assim:

Sonhadora, sensível
Faz parte de mim
Ser assim
O sonho não pode ser removível.

Sou assim
Com pranto ligeiro
Admirar o pessegueiro
Seu fruto, sou fruto
Maduro, diamante bruto
Sou natureza bela
Vejo tudo passar pela janela
Pobre de mim!!!!

Nereida

https://novanereide.blogspot.com
 
Sonhadora

Sem saída

 
  Sem  saída
 
Embarco nessa tristeza que em mim reside.
Navego por caminhos intrínsicos , nesse labirinto não há saída.
Há uma porta fechada.
Proibido passar!

Nereida
 
  Sem  saída

Meu grito

 
     Meu  grito
 
Um grito na escuridão.
Mas ninguém ouve,
Ninguém soube,
Que era o grito de meu coração.

Em minha solidão permanente,
Meu eu, somente eu.
Sei que a voz correu,
Muito longe e tristemente.

A voz segue abafado.
As palavras querem voar,
Livremente pelo ar.
Como um canto eternizado.

Nereida
Amar é mudar a alma da casa.

Mario Quintana.
 
     Meu  grito

Sou triste

 
Sou  triste
 
Bom dia tristeza!
Que me acompanha
Até a noite e me apanha
Melancólica, sem firmeza.

O dia perdeu suas cores
Ou meus olhos se recusam
A ver o belo, as flores recuam
fogem de mim, de minhas dores.

Bom dia tristeza
Agarrada à mim
Não me deixa, segue até o fim
Porque sou triste:--Sou tristeza!

Nereida
https://novanereide.blogspot.com
 
Sou  triste

Simplesmente

 
Simplesmente
 
Acaricio seus cabelos com mãos de fada.
Nossos corpos misturan-se com as areias do mar.
Gotículas das ondas respingam, são pedrinhas frias em nossos corpos quentes, na quentura da paixão, amor ,ilusão.
momentos de puro êxtase, o acontecer de um homem e, uma mulher. A beleza da natureza na composição divina do eu...e você.
Simples assim!!!!!

Nereida
 
Simplesmente

Era uma...

 
   Era  uma...
 
O despertar foi uma surpresa!
Como se estivesse um longo tempo
hibernando. A questão é:
Quanto tempo? dez,vinte, trinta anos.
Questiono:?
incrédula fica a dúvida,toda uma vida
,uma existência passada como o vento ,ou um deslocamento de um meteoro.
Ao abrir os olhos sentimos que o viver foi um galope só.
Sem sentir ela passa de uma vez ,deixando marcas em minha tez e, como um conto. --Era uma vez...

Nereida

https://novanereide.blogspot.com
 
   Era  uma...

Basta

 
            Basta
 
Meu desejo que mude,
O tempo o vento.
Tire esse tom nude,
O cálice seja bento.

Viva sejam as cores.
As flores não sejam,
Pálidas, sem olores,
Suave perfume tenham.

Desejo que mude,
A oferenda seja farta.
Preciso que ajude.
Preciso dar um basta.

Basta! mudança,
Radical, bem vinda.
Desejo a esperança,
Pois meu coração bate ainda.

Nereida
 
            Basta

Interminável

 
  Interminável
 
Abraça-me com ternura e carinho.
Segure minha mão entre as suas e, deixe que o calor morno de nossas mãos se fundam.
Me agasalhe junto ao peito e, lentamente saiamos valsando com a melodia enebriante que envolve nossas almas e nossos sentidos , por um tempo interminável por uma noite sem fim!

Nereida

https://novanereide.blogspot.com
 
  Interminável

Amar é tão bom

 
 Amar é tão bom
 
Mesmo que seja em pensamento
Me mande bons fluídos
Um beijo sem alarde, sem ruídos
Saberei no mesmo momento.

Longe e perto
Junto ao peito com efeito
Da paixão bate meu coração
Em ritmo do amor.

Amar é tão bom!
Melhor que saborear um
Bombom, o melhor caminho e,
Destino.

Destinado meu ser para um
Único lugar, trilhar o bom,o bem
E só ... Amar!

Nereida
https://novanereide.blospot.com
 
 Amar é tão bom

Fidelidade

 
Fidelidade
 
Sem que veja o tempo
Passa
Parecendo até
Fumaça
Se esvaindo no ar sem que se possa segurar.
Fumaça inodora, insonsa,sem graça.
Não ha ondulacões é reta,certeira,com certeza na direção certa.
Tão curta ,se furta não escuta.
é obediente em sua caminhada, não ha retorno,não ha atalho.
Não me oponho a essa fidelidade, correndo atrás da felicidade, tão próximo do fim!

Nereida
https://novanereide.blogspot.com
 
Fidelidade

Só de pirraça

 
    Só   de pirraça
 
A saudade vem e me abraça
Sem que eu a chame
Nem a palavra declame
Surpresa fico sem graça

E, só de pirraça
Eu canto entediada
Uma melodia mesclada
Sem tino, sem graça

Transparente vidraça
Minha alma é assim
Presa na lembrança sem fim
Embaraçada e sem graça

Em pé:-manga arregaçada
Enfrento o dilúvio
Respiro eflúvios
E sorrio com graça!

Nereida
 
    Só   de pirraça

Não nego

 
       Não  nego
 
Estou com medo.
Sim. Não nego.
Tento escrever.
Não mexo os dedos.
Mãe, venha escutar!
É poesia, é pura.
Mãe socorre,
Mãe escuta.
Estou com medo.
A vida é curta,
Não nego.
O futuro não enxergo.
Vou escrever um poema.
Não sei o tema.
Tenho medo.
Do obscuro,
Do futuro,
Não nego!!!!

Nereida
 
       Não  nego

Quero esse tempo

 
Quero esse tempo
 
Pele tostada
Corpo aquecido
Sol dourado
Tempo esquecido
Quero esse tempo
Murmúrio do mar
Água salgada
Quero esse tempo
Mar em movimento
Corpo moreno
Com olhar esverdeado
Quero esse corpo
Ah como te quero!
Tempo de ser amado.

Nereida

https://novanereide.blogspot.com
 
Quero esse tempo

Dia das mães

 
 Dia  das  mães
 
Hoje é o dia das mães
Hoje é o dia das mães?
Coloque a mesa
Divida os pães.

Cante uma seresta
Ofereça o seu olhar para ela
Caminhe na paralela
Que festa é esta?

A onde foram todos
Se chegue beije-lhe a testa
Para onde foram
Que festa é esta?

Todo dia é o dia
Do Pai do Filho, da Mãe
Coloque a mesa
Divida os pães.

Nereida
Á todas as mães do planeta
O presente maior é a sua presença.
 
 Dia  das  mães

Folhas de outono

 
    Folhas de outono
 
Folha envelhecida
Foi ao chão!
Triste amarelecida
Findou sua missão.

Levada pelo vento
Diz adeus ao arvoredo
Vai rolando sem tento
Acenando para o passaredo.

Passa o tempo
Passa, passando
Levando à contento
Fragmentos chorando!

Nereida
https://novanereide.blogspot.com
 
    Folhas de outono

Junto ao bonito

 
Junto ao  bonito
 
Abdicando de meus sonhos
Em uma vivência vazia
Buscando preencher me ponho
Busca incessante, não há primacia.

Perceber o musgo preso ao muro
Evoluir rumo ao infinito
Cresce, cresce tão verde eu juro
Toda uma vida nesse viver esquisito.

Estar junto ao bonito
O planeta em sua rotação
O mar, céu e, sua constelação.

Voltar a ser um sonhador
Poema ,poeta,pensador
Ouvindo os acordes de um violão.

Nereida
Eu persigo a poesia
Ou a poesia me persegue. Nereida
 
Junto ao  bonito

Você

 
  Você
 
Você é minha inspiração
Motivação de meu viver
Raio de luz à resplandecer
Todo sentimento e, iluminação.

O dia sorridente
Faz o viver envolvente
Voy al cielo
La luna con celos.

Tú el aire que respiro
La rosa encarnada
Eu...bem amada
Tú el último suspiro!

Nereida

A vida é curta
Para curtir egoísmos

Nereida
 
  Você

Da boca pra fora

 
    Da boca pra fora
 
Sua volta? não esperava!
Mas... só da boca pra fora
Chorei quando foi embora
Sorria enquanto chorava
**
Mas... não deixei ver
Nem transparecer a dor
Meu coração transborda amor
Insônia por ti até o amanhecer
**
Sim! te esperava
Contando os dias
Todas as horas,e via
O dia se aproximava
**
Meus braços num abraço
Meus lábios entre abertos
De muitos beijos cobertos
Corpos unidos num só enlaço

Nereida

Renasço a cada amanhecer
Me alimento de esperança
Sorriu ao produzir um verso
Cresço com a poesia
Em cada poema um novo dia
Me banho com raios de luar
Até o anoitecer
Nereida
 
    Da boca pra fora