https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de jaber(filho)

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de jaber(filho)

A cura da disforia

 
A cura da disforia

Quando vez que o mundo está contra ti
E tu perguntas-te: o que estou eu a fazer aqui?
Toda a mágoa nos atinge, e faz com que o nosso ego se reserve
Sou disfórico, faz com que a nossa felicidade não se preserve
Sou pacato, e não me apetece saber o que mundo me espera
Saudade da euforia, sou tristeza, chama-me Camões da nova era
Farto de falar sobre dinheiro, porque isso já cansa
Enquanto a economia não evolui, a minha vida avança
Farto de todos os egoístas, de todos os ingratos
Guardo toda a minha raiva, como se estivesse fechada numa caixa de sapatos
Porque disforia é para fracos
E agora só resta propor
Uma vacina que me cure a disforia e me tire toda esta dor

Passados 7 anos volto aos poemas outra vez...
 
A cura da disforia

A minha magia

 
Se eu tivesse uma varinha mágica fazia aparecer uma floresta, com umas belas e grandes árvores, flores muito coloridas e com muitos animais. Todas as manhãs ia passear pelos longos campos férteis e verdes, com um suave cheiro a Natureza.
Tomava banho com alegres peixes, numa grande cascata, com água límpida e suave. E a fruta era tão madura que até se desfazia na boca.
Os chorões eram tão bonitos que até nos faziam cantar. A areia brilhante e macia como o algodão. A relva era tão verde e suave como a água salgada do mar. E à noite o céu era tão estrelado e a Lua cintilante. O Sol tão brilhante como Deus, raios compridos como o pescoço da girafa. Era assim a minha grande e bela magia!
 
A minha magia

Meu irmão

 
João és meu
Irmão, divertes-te
Comigo com a tua mão.
Dás-me beijos e abraços,
Como um safanão.
És um grande panão
Cheio de ilusão.
Mas eu adoro-te
De coração
 
Meu irmão

eu sou o zé

 
Tenho um avião
Chamo-me José
Podia ser azul
Ou encarnado vermelhão

Com ele descolo do chão
Atravesso montes e planaltos
Mas tem sempre a cor
De toda a minha imaginação

No meu avião sou feliz
Brinco, corro e rio
Salto, sou actor de teatro
Sendo sempre o mesmo petiz
 
eu sou o zé

Paixão

 
Há uma inspiração…
Calçar os patins,
O stick na mão
Uma bola no chão
Marcar golo
Com toda a força
E é assim que se ouve
O grito…
Goooolllooooooo
 
Paixão