https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de wilckson

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de wilckson

Sou eu quem diz coisas estranhas

 
Sou eu quem diz coisas estranhas

Enquanto meu corpo o tempo estranha

E minha alma tímida acanha

Com medo de mostrar-se ao mundo

Entra em pânico por um segundo

Até recobra total sentido

Em que por um voraz momento altivo

Meu peito submerge se de lagrimas

Fechado em portas de vidro

Um sentimento rápido e nu

Sem direção leste ou oeste

Norte ou sul

Não sabe se voa ou se nada

Simplesmente não sabe nada

E eu junto a ele também não sei

Apenas faço o que me pedem

Submeto-me aos caprichos da lei

Enquanto minha dor emerge

Eu em mim mesmo afundo

Buscando o mais fundo e profundo

Invadindo o meu próprio mundo

Encontro quem eu temia

Aqui jaz quem sofria

E eu nem mesmo sabia

Agora que eu tomei parte

Subjugo que toda arte

É culpada de meu sofrimento

Por que em cada momento

Se choro ou se apenas soluço

Meu corpo num espasmo avulso

Revela-me o que desejo

Apenas deitar-me em teu colo

E ouvir o sussurrar de teus lábios

Dizer-me um verso profano

Tua boca colada em meu ouvido

Ouvir-te dizer eu te amo

Wilckson Ewil (Blackhearth)

21/12/2008
 
Sou eu quem diz coisas estranhas

MINHA DEUSA

 
Minha Deusa
JÁ TENTEI MIL LOUCURAS
MAS NÃO FOI O BASTANTE
APENAS UMA PALAVRA TUA
FAZ ME SER COMO ANTES
TORNA-ME FRAGIL E INSANO
LOUCO,INSENSATO E HOSTIL
APENAS UM GESTO TEU
SINTO ME MASCÚLO E VIRIL
MAS O QUE TU ÉS DE VERDADE
E QUE PODERES TU TENS
QUE COM UM GESTO SUAVE
UM SIMPLES OLHAR OU DESDÉM
TORNNA-ME TEU ESCRAVO
FAZ ME IR BEM ALÉM
DA DOR QUE MEU CORPO SUPORTA
DA IRA QUE MEU PEITO IMPÕE
E SEM AMARRAR MEUS BRAÇOS
OU SEM TRANCAR A PORTA
PRENDE ME EM TEUS LAÇOS
E EM TEU COLO ME MANTEEM
NÃO SEI QUAL TUA MAGIA
OU QUAL É O TEU DEUS
MAS TUA FORÇA É IMENSA
E POR MAIS QUE NAUM ME CONPENSA
LUTAR AGORA É INUTIL
QUERENDO OU NÃO EU SOU TEU!!!!

Wilckson ewil(black hearth) 6 de junho de 2009
 
MINHA DEUSA

MADNESS "N" DEATH

 
MADNESS "N" DEATH
 
MADNESS “N” DEATH
(Loucura e morte)

Outra vez encontro-me
Perdido em pensamentos
Esmagado entre devaneios
Em debate com meu eu lírico
E do que me serve tudo isso
Se por mais que lute ou discuta
Ele é o único que me escuta
Mas mesmo assim é promiscuo
Um ser perdido em loucura
Meu reflexo com crise de consciência
E em total abstinência
De amor ou desejos profanos
Não possuo uma alma pura
Sou torto, sou sujo, sou putrefo
Sou a parte ruim de mim mesmo
E esta em qual me encontro
Perdido, a deriva, a esmo
E o que eu procuro em mim
É algo que já não faz parte
Mas está colado em meu ser
É o que me faz não querer viver
E na morte procurar a arte
Pois o que me guia são sonhos
E neles que me baseio
Por que pesadelos distraem
E me divertem suponho
Pois as partes de mim que caem
Não revelam o quão sou feio
Apenas demonstra a tristeza
E as lagrimas que enchem meu cálice
Pois nas dores escondem se a beleza
E na minha loucura ativa
Desfaz-se aquela incerteza
Minha duvida se dissipa
Minha morte será meu ápice

Wilckson Ewil(blackhearth) 19/01/10
 
MADNESS "N" DEATH

Solução de fuga

 
Estou preso

Preso em um turbilhão de sentimentos

Preso em um mar de pensamentos

Acorrentado a falta de oportunidade

Junto com o peso da saudade

Em meus pés bolas de chumbo pendem

Em minhas mãos correntes de aço apertam

As pessoas que me vêem não entendem

Que o seu olhar de pena não mais me afeta

Estou preso não morto

E mesmo que não vá ser solto

Estarei em liberdade

Na loucura ou na sanidade

Mesmo que não pareça verdade

Eu caminho para um destino

Algo que é até propicio

Algo real e belo

Isso tudo é ossos do oficio

Um corrente depende de cada elo

E as correntes que me prendem

Não sabem o quão sou forte

São correntes de torturas

Mas não sentenças de morte

E mesmo que a morte fosse

Não estaria perdido

Fariam com ela um pacto

Ou melhor, far-lhe-ia um pedido.

Pediria a em casamento

E sei que seria atendido

Não é loucura ou desespero

Tampouco um medo de arrependido

Mostrarei que a vida é uma sorte

E quando menos esperassem

Lá estaria eu

Feliz, casado com a morte.
 
Solução de fuga

Lonely

 
vc não se sente só apenas quando está
"sozinho"mas sim quando "fica sozinho"
parece que estou louco? não! apenas só!
é isso que a solidão faz com a gente
nos deixa aturdidos ;atordoados,
mas se você ouve atentamente a voz da razão
isso pasa e você diz :ah! isso é coisa da minha imaginação .
Então você ouve a voz do coração
e percebe estou realmente "sozinho"
mas não por que te deixaram só
mas por que você quis ficar só ,
então olho para dentro de mim
e percebo que há mais alguem
comigo não a vejo é a paixão pela vida que está me abraçando
 
Lonely

Começo de um fim

 
Eu ouço algo que não deveria ser ouvido

Vejo algo que não deveria ter visto

Também esperava sentir algo que não pudesse ser sentido

Meio estranho isso que digo

Meio nada

Muito estranho

Mas é isso que acontece

Quando o resto do mundo te esquece

E você se esquece do mundo

Você passa se por louco

Até mesmo acredita um pouco

Ser insano ou só insensato

E num ágil e louco ato

Resolve curar a ferida

Dar um fim nessa débil vida

Salta aos céus como leve ave

E do penhasco um espaço abre

Não parece um salto pra morte

Apenas um mergulho a sorte

Não repulse, mas acredite.

Como no teto de uma caverna

Rochas como estalactites

No fim da queda me espera

Não esperava que assim fosse

Algo com sangue e pedaços

Queria que simples fosse

Um salto, uma morte, um ato.

Mas feio ou bonito assim

Por mais que doa ou queime

Não é o fim de um começo

Mas o começo de um fim

Wilckson Ewil (BlackHearth)

Sábado 7 de fevereiro de 2009
 
Começo de um fim

Guilt

 
Guilt (culpa)
Na fumaça que se dissipa
Percebo os espaços vazios
Os erros que cometi (ou não)
As duvidas e incertezas
Os acertos ou tentativas
As vezes que ergui as mãos
Ou as vezes que as cruzei
Tentando amenizar o frio
Ou esconder minhas fraquezas
Pois elas me desnorteiam
E deixam-me a deriva
Pois meus erros nada mais são
Que tentativas de acertar
Mas o que me afeta no fracasso
É não ter em quem por a culpa, ou pior
Não ter a quem pedir desculpas
A quem estender as mãos
E estas me servem de apoio
Para as lagrima que caem da face
Mas meus inimigos não desfrutam
Pois minha solidão é intensa
E nem inimigos possuo e olhando ao meu redor
No deserto de incertezas
Nem uma lugrube miragem
Para refrescar meus olhos
Dos raios enfurecidos e vividos
Do sol do desespero
E na tentativa de erguer
Mais uma vez de erguer as mãos, percebo
Que elas que me apóiam
Pois meus joelhos estão dobrados
E na afoita tentativa, de
Dar sombras aos meus olhos
Deixo meu corpo cair
E a pesada carga da consciência
Apertam meus pulmões até enchê-los
De sangue
E até os corvos e abutres se afastam
Pois percebem a maldição que possuo
A morte sorri ao meu lado
Mas não tem pressa em me levar
Apenas contempla minha dor
Ser queimado por minhas ilusões
E digerido por meus pesadelos.

26/01/10
 
Guilt

SUFFERING´S

 
[i][b]Suffering ’s

Sozinho, sentado, sorrindo
Sem saber, sem sentido
Suspirando, sentindo saudade
Sobre sentimentos sortidos
Sentimentos sem solução
Sempre sinto surgir
Só soluços seguidos
Soam sem sucumbir
Salto sobre saliências
Seguindo seu som sibilante
Sorvendo sua sapiência
Semeando sutil semente
Sombras serpenteiam serenas
Sob selvas surpreendentes
Sem surpresas, sutilezas
Sons soam suavemente
Surtando, sondo sereias
Santas, singelas? Sim
Sendo sujeito sofrido
Sinto sede saciada
Singelo, sofrido serafim.
 
SUFFERING´S

Meu coração chora

 
Meu coração chora

Nesse mundo vazio

Meu coração chora

Nesse descampado frio

Meu coração chora

A cada minuto vago

Meu coração chora

A cada gole a cada trago

Meu coração chora

Por mais que eu tente sorrir

Meu coração chora

Mesmo que eu tente ir

Não consigo ir embora

Meus pés colaram no chão

O que devo fazer agora

Devo gritar

Devo saltar

Devo sussurrar

Devo calar

Ou devo dizer

Não agüento mais

Agora irei chorar

Por quê?

Por que meu coração chora.

Wilckson Ewil (Blackhearth)
 
Meu coração chora

Remember

 
Confesso pra ty que em loucura
Realmente em total desespero
Tentei esqueçer-te totalmente
Pra realizar um desejo

Poder viver uma paixão
Um desejo de momento
Algo que não consumei
Mas mesmo assim, não lamento

Mas para tentar algo novo
O coração deve estar puro
Ausente de todas lembranças
Livre de toda culpa
Calmo e totalmente seguro

Mas te esqueçer é impossivel
Isso não é simples assim
Consegui apagar todas as lembranças
As boas e as ruins
Mas você não é uma lembrança
Você é parte de mim

Wilckson Ewil (blackhearth) 15/01/10
 
Remember