http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3049
 
Poemas -> Tristeza : 

Desconsolo

 
Desconsolo-me, quando não tenho o teu colo
E sempre que chamas o que eu sinto por mimo
Se me olhasses como eu te olho
Nunca duvidaria do teu amor e cuidado.

Desconsolo-me, porque já não me chamas de carinho
Como em tempos que já não voltam
Como em tempos que no passado ficaram
E que na minha memória se aninham.

Desconsolo-me até quando te consolo
Porque da tua parte não sinto retorno
Só o meu amor por ti não se desconsola
E até parece estar mais forte e amigo.

 
Autor
Carla Costeira
 
Texto
Data
Leituras
4764
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 15/05/2007 22:39  Atualizado: 15/05/2007 22:39
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3007
 Re: Desconsolo
Esse colinho é muito bom. Quando não o temos ficamos tristes. Todos os amores têm altos e baixos...

Bjs

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 15/05/2007 22:59  Atualizado: 15/05/2007 22:59
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3856
 Re: Desconsolo
É um enorme desconsolo
Constatar que o nosso consolo
... não tem retorno...
E desconsolada se fica
Na alma... triste...

Beijo

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 16/05/2007 01:07  Atualizado: 16/05/2007 01:07
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14656
 Re: Desconsolo p/ CarlaCosteira
Querida Carla

É desolador saber que aquele
a quem se ama não dá retorno
mas quando ele se torna amigo
aí fica mais perigoso e tentador

Gostei muito amiga

Beijinhos no coração
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...