Luso-Poemas
Registe-se agora!     Login

Links patrocinados



Utilidades

Consultar

Outros

Quem está aqui

223 visitantes online (121 na seção: Poemas e Frases)

Lusuários: 3
Leitores: 220

Transversal, martisns, namastibet, mais...

Licença

Licença Creative Commons

Proteção anti-cópia

Protegendo os seus poemas com Tynt

Leia também

RSS Feed

(1) 2 3 4 ... 104 »
Textos deste autor
Offline
JoeWeirdo Crónicas A Viagem
Segue os passos indolentes de um vassalo que rasteja arduamente em seu legado, praguejando algo e...
Enviado por JoeWeirdo
em 22/04/2014 20:40:58
Textos deste autor
Offline
Ombuto Crónicas O dilema das posições invasivas
Há posições sobre determinados assuntos, que não são necessariamente hediondas, nem mesmo favoráv...
Enviado por Ombuto
em 17/04/2014 22:50:50
Textos deste autor
Offline
alessandrabenete Crónicas AMOR RETRÔ X AMOR MODERNO
Dizer "eu te amo" tá tão na moda que só falta fazer desfile na Fashion Week inovando c...
Enviado por alessandrabenete
em 17/04/2014 22:45:19
Textos deste autor
Offline
MaryFioratti Crónicas Viagem ao Brasil
Ola queridos amigos poetas do Luso Amanha estarei saindo de Cincinnati, indo para o Brasil por 1...
Enviado por MaryFioratti
em 17/04/2014 01:28:06
Textos deste autor
Offline
velhopescador Crónicas Sorte de principiantes
Adolescentes pescando São Paulo, 1963 Uma tarde, batendo papo, o Mauro, o Marcos e eu, combinamo...
Enviado por velhopescador
em 16/04/2014 20:45:30
Textos deste autor
Offline
Joel Pereira de Sá Crónicas O HOMEM TECENDO A REDE
O homem tece a rede. A aranha suga a presa: arranca dela a substância. Uma bola na rede arranca...
Enviado por Joel Pereira de Sá
em 16/04/2014 14:48:57
Textos deste autor
Offline
HSERPA Crónicas "HERÓIS E MITOS" MOVIDOS PELA CARÊNCIA EXISTÊNCIAL
"HERÓIS E MITOS" MOVIDOS PELA CARÊNCIA EXISTÊNCIAL Assim como os amores interrompidos ...
Enviado por HSERPA
em 14/04/2014 22:08:28
Textos deste autor
Offline
jaber Crónicas Um homem com que me cruzei.
Assim encostado ao candeeiro, de olhar absorto no rasgão da camisa como que a cosê-lo com o olhar...
Enviado por jaber
em 14/04/2014 21:01:13
Textos deste autor
Offline
josemariafonso Crónicas e agora
meia duzia de anos a olhar meia duzia de anos a ser visto nunca mais de um bom dia foi dito duran...
Enviado por josemariafonso
em 12/04/2014 23:14:31
Textos deste autor
Offline
Maryjun Crónicas Paixão X Amor
“São sentimentos completamente diferenciados” A paixão: Euforia e desalinho a dúvida imperam ge...
Enviado por Maryjun
em 12/04/2014 20:18:28
Textos deste autor
Offline
andrealbuquerque Crónicas Insônia
Você está apenas com insônia, “um bocejar da largura dos astros” que parece remetê-lo a outro paí...
Enviado por andrealbuquerque
em 09/04/2014 23:50:32
Textos deste autor
Offline
jaber Crónicas três terços de uma vida desenfiada
A máquina de costura desenfiou de novo, com uma paciência calculada pelos bafos que atingiam a fr...
Enviado por jaber
em 05/04/2014 14:28:32
Textos deste autor
Offline
MaryFioratti Crónicas UM MIX DE PENSAMENTOS
Quando a primavera chega parece que eu mudo por dentro. Tudo passa a ser mais bonit...
Enviado por MaryFioratti
em 01/04/2014 03:23:07
Textos deste autor
Offline
AjAraujo Crónicas Por uma rosa de pétalas negras: 50 anos do golpe que atrasou o Brasil
Amanhã será um dia de "Bodas de Ouro Negro"! Amanhã será o dia para nunca se esquece...
Enviado por AjAraujo
em 31/03/2014 03:08:03
Textos deste autor
Offline
MaryFioratti Crónicas SOU....
S O U (algo que escrevi sobre mim, baseada num texto de Martha Medeiros) ...
Enviado por MaryFioratti
em 25/03/2014 10:53:09
Textos deste autor
Offline
AjAraujo Crónicas Mudança (Clarice Lispector)
Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa. Quando sair, procu...
Enviado por AjAraujo
em 22/03/2014 12:18:34
Textos deste autor
Offline
MaryFioratti Crónicas ESSE CALMO AMOR
Há sentimentos que são unicos por sua especialidade. Este é um sentimento especial, e o mais imp...
Enviado por MaryFioratti
em 20/03/2014 02:13:42
Textos deste autor
Offline
jaber Crónicas quatro sorrisos e um funeral
O sino crepitou na torre anunciando a funesta notícia, ainda a manhã ia a meio na certeza de pens...
Enviado por jaber
em 19/03/2014 23:10:06
Textos deste autor
Offline
marcelooso Crónicas A Rússia e a Criméia
A Rússia e a Criméia Depois que o presidente da Ucrânia foi destituído forçosamente do cargo, a...
Enviado por marcelooso
em 19/03/2014 01:04:28
Textos deste autor
Offline
jaber Crónicas Novelos de morte em madrugada azul
Na penumbra da madrugada circunspecta amarfanha os pensamentos, assim sem cordéis que lhe dêem fo...
Enviado por jaber
em 18/03/2014 22:28:48
(1) 2 3 4 ... 104 »

Login

Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.

Leia também

  • Poemas -> Introspecção - ALARME - Soledade

Comentários Recentes

Luso Pensamentos

Frase

É incrível que, no intuito de justificar as nossas crenças, coloquemos Deus na terra e o Homem no céu

(Garrido)



A folha

A folha cai no verão.
( Era folha de papel)
Não consigo pegá-la
Porque o vento é forte
E me leva para longe.

Matheus



Insanidade perfeita

Sinto-me cansada
Já me faltam as palavras!
As que saboreio entre dissabores
Da minha própria loucura
Já não sinto o meu corpo
As vogais consomem-no
Adormece em brandas consoantes
Ficam tantas frases por dizer
Aquelas,
Que já não consigo escrever,
Falta-me a força
A caneta começa a tremer
Soluça.
O meu olhar constrói
O que meu pensamento rejeita
Esta sou eu,
A doce mulher
A insana, poeta...

(ConceiçãoB)



Tempestades

Tudo em mim, são dias de tempestades...
Por isso entrego minha alma à poesia
E meus dias a escrever versos
E meto uns poemas em velhas garrafas
E as levo para as águas intermináveis dos mares
- revoltos e tristes -
E as lanço, na singela esperança
De que um dia alguém os leia
Ainda que meus pés não estejam mais sobre este chão
E meu corpo tenha sido já lançado no ventre desta terra impura
E minha alma tenha também partido
- para a imensidão do infinito com que sonho,
ou para o abismo solitário que me amendronta...

(Vanessa Marques)


vaga-lume

... beijar-te

- era ser
pássaro azul
dedilhando ugabe

era levitar
beber das nuvens
e desfolhar os céus

era um doce caminhar
sem tocar o chão
estirpes desaguando
em aljôfar...

era dédalo a calar-me
se acontecia
cascata de sonhar-me
na boca que feliz
se fenecia

- e era livre
sendo chama
toda asas
vaga-lume
brilhante
como quem ama.

(RoqueSilveira)


Nós de poesia

A vida é feita de incompletudes...
Como os bares de mesas vazias
Nas calçadas
Ou as longas estradas
Repletas de nada dos dois lados

Ainda assim, escrevo
Mesmo sabendo que em mim
desatam-se nós de poesia
E atam-se outros em seguida.

O fato é que
Daquilo que me resta
Faço-me humanamente completa
meramente humana...

(Vanessa Marques)



Frase

"Amor" é o presente dado sem esperança de retorno,
e o que esperamos é apenas que não seja rejeitado

(Junior A.)



Frase

Como posso explicar
Esta dor
Invasora
Da minha alma
Senão dizer
Que és a mentira
Mais verdadeira
Da minha vida...?

(Raquel Naranjo)



Frase

O amor é como a justiça:
Injusto e cego.

(TrabisDeMentia)



guardanapos

do nosso beijo,
muralhas

do nosso amor,
migalhas

do nosso verbo,
mortalhas

dos nossos papos
poemas
em guardanapos

(Niké)



Sexto sentido

Tenta ouvir o silêncio...
Ver a luz na escuridão profunda...
Cheirar o aroma da mais pura água...
Sentir a textura do vento...
Saborear a doçura do sal...
Quando o conseguires...
Irás te descobrir...

(gera)



Só saudade

Dor que sente
Dor que não se mede
Que vai e vem

Com a vida vou rolando
Com a dor vou buscando
Talvez alívio...

Quando doer que seja
Sem deixar morrer
Só saudade...

(amasol)



A foz

Se cada coisinha que eu sei correspondesse a um rio... E se cada um deles desaguasse na mesma foz...Esta não teria senão o tamanho de uma bacia bem pequenina na qual eu refresco os meus cansados pés. Os rios seriam tão curtos quanto a minha felicidade, tão estreitos quanto a minha existência, tão secos quanto a minha solidão. Mas talvez, talvez bem no fundo da bacia, talvez para lá das lágrimas turvas, e para que eu me possa orgulhar, talvez sorriam dois peixinhos, que eu, apesar da distância possa contemplar! E quem sabe... Uma flor se incline e faça nascer, na foz uma flor que eu possa colher!

(TrabisDeMentia)
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...