Poemas, frases e mensagens de nynerock

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de nynerock

O CAIR DA TARDE

 
O CAIR DA TARDE
 
Na doce tarde
De vida vazia,
Aprecio o fim do dia.
- Nuvens no céu se encardem

Do amor vive o homem,
Da solidão mal sobrevive,
Com um gosto acre na boca
Do que quis e não tive!

Poucas alegrias sentidas,
Algumas flutuando ao redor.
Muitas e muitas perdidas,
A cada pôr do sol .
 
O CAIR DA TARDE

Lembranças

 
Lembranças são memórias jamais esquecidas,
Que ficam guardadas no fundo da mente
E embora escondidas,
Mais cedo ou mais tarde vem bater de frente.

Sigo acumulando lembranças da minha existência,
Que irão atormentar minha alma
Até o fim da consciência.

_Por isso...

Vivo tentando esquecer,
Tento esquecer para permanecer viva.

_Tento...
 
Lembranças

Sentimentos em Palavras

 
Quando a realidade bate à porta
Da janela, a cortina afasta.
Quando bate o desespero, a angústia...
Percebo a solidão que me acompanha.

As palavras são moldáveis... perigosas.
O perigo, as vezes, é como corrente que transcorre o corpo em entusiasmo;
O vislumbramento do perigo transcende o medo em mim,
Mas logo o medo se ergue e a vida volta a suplicar.

Palavras expelidas, soltas para significados...
Quero dar identidade ao que sinto,
Registrar em palavras, porém:
"Muito do que se sente, quando tenta-se traduzir em palavras não só não se consegue, como o que se sente vai se transformando no que foi dito"
_ Assim, Clarice Lispector sabiamente me desvendou o nítido.
 
Sentimentos em Palavras

REALIDADE À TONA

 
Minha vida desmorona!
A minha insignificância me afronta,
A realidade explode em minha face.
Choro, quase que sem motivo...

Me sinto repelida, rebaixada;
Sei que sou, mas dói quando explode.
Tenho consciência do contínuo fracasso;
Escorre pelos meus dedos a perspectiva,
Qualquer perseverança...

Tento amenizar todo sentimento
_ Um pano sob o fogo.
Procurando não pensar...esquecer...
Afastar-me do real,
Cavar, jogar, fechar _ Enterrar!

Me apego a distração, como a um galho na parede de um penhasco.
 
REALIDADE À TONA

A BOCA QUE EXALTA...CONDENA!

 
A BOCA QUE EXALTA...CONDENA!
 
No labirinto vertiginoso da vida,
Anseio uma saída.
Me encontro e me perco...
Por vezes, espremida num beco.

Um alvo fácil a julgamento
Daqueles que não possuem lamentos,
Então procuram o meu tormento.
Praguejam ao não achar!

Dizer que me perdi
Não faz eu me encontrar
Dizer que esqueci
Não faz eu me lembrar

Então não diga que é para me ajudar,
Que não quer me ouvir gritar.
Pois se meus gemidos são gritos para ti,
Me esquece e me deixa aqui.
Não finjas querer me salvar!

Nyne Rock
 
A BOCA QUE EXALTA...CONDENA!

PERDIDA SEM VOCÊ

 
PERDIDA SEM VOCÊ
 
Eu vou vagar na escuridão,
Jogada para longe de ti.
Abro meus olhos e te vejo partir;
Nuvens negras se aproximam, carregadas de saudades...
Mas eu vou lutar pela chance de te ver mais uma vez.
Nem os sete mares vão me impedir,
Pois minha bússola quebrada,
Sempre me mostrará o caminho até você.
- A tua luz é o meu farol!!!
Não há terra à vista,
Mas quando fecho meus olhos,
Sinto tua presença...

- Vagarei por anos luz ,
Pelo tortuoso caminho que me leva a ti.
 
PERDIDA SEM VOCÊ

PENOSA MANHÃ

 
Esta manhã tem a animação de um velório,
Porém, a inércia de uma convulsão;
Tem um sentido pouco notório...
A beleza de um palavrão!

Tem a angustia de um mau pressentimento,
O ardor de uma pele queimada,
O vazio de uma vírgula sem complemento,
A lassidão de uma longa caminhada.

Esta manhã tem a desilusão do traído,
O julgamento da deusa Momo.
Tem a vitalidade de um galho partido,
O brilho de uma folha no outono.

Nyne Rock
 
PENOSA MANHÃ

O Resistir Covarde

 
O Resistir Covarde
 
Eu,na ribanceira,descalça...Com a alma contida em apenas um olhar...Vejo ao longe a suntuosa luz me chamar.
Resisto covardemente a sua doce atração,
para não correr o risco de ter minha face e alma esquisita,reveladas.
- Expostas pela claridade julgadora!
Por isso, continuo nas sombras dos montes...Nas raízes das árvores... Embaixo das pontes...Nos esgotos...Nas valas...
Na solidão, escondida na penumbra, me sinto protegida.
Não consigo ir para luz.
Não consigo ir para vida.

Nyne Rock
 
O Resistir Covarde

O dia em que chovi

 
O dia em que chovi
 
Eu guardo meus pesares
Como uma nuvem guarda água em um céu nublado.

Mas hoje...
Hoje estou chovendo!!!

Embora esteja muito longe de ser uma tempestade,
Hoje, incrivelmente, estou chovendo.

_ Armem seus guarda-chuvas!
 
O dia em que chovi

A Fuga

 
Os pensamentos do fim voltaram,
Não sobreviverei a um terremoto
E já sinto a turbulência.

Fugir, desistir, falta de incentivos?!...rastro de desculpas e julgamentos...fim.
 
A Fuga

DUAS FACES!!!

 
Em muitos rostos a falsidade nos ronda,
Como uma matilha de lobos famintos,
Com seu olhar de afronta
E modos indistintos.

Tudo por trás de seu véu,
Pleno... Sereno.
Dissimulando o instinto cruel
De expelir seu veneno!

De quantas são constituídas suas faces?
Toda via, detenho-me a duas:
A de verossímil real e a de fases.

Quem a pratica e atua,
Com molície moral e nocivos males,
Perpetua sua integridade nua.
 
DUAS FACES!!!

Rotina Existencial

 
...
Ando, corro, salto...Caio
Nado,flutuo,mergulho...Afundo
Penso,falo,penso...Silencio
Respiro,inspiro,expiro...Transpiro
Gosto,gamo,amo...Sofro
Tenho,não tenho,tive...Indago
Choro,grito,sorrio...Minto
Compro,mastigo,engulo...Cuspo
Lembro,bebo,esqueço...Relembro
Trabalho,luto,labuto...Canso
...
Nasço,sobrevivo,morro...Renasço.
 
Rotina Existencial

LAMENTO

 
Eu que desprovido nasci, de beleza e de ser feliz, escrevo aqui o meu lamento - De onde brota o meu tormento.
Padeço ferozmente por ser assim, mas sei que não é só em mim que essa dor se instala sem pudor - Nos excruciando por dentro!
Nós, oriundos seres da utopia, na realidade nos reconhecemos, mas no irreal procuramos estadia.
Só estimamos (estimo) nesse submundo, ressurgir das cinzas em um mundo no qual pertencemos.
Um lugar onde as folhas não sequem, que tenha-me por inteiro, da carne à essência... Onde sobre um recanto para minh'alma!
 
LAMENTO

DESCONFORTO

 
Não sou feliz, não tenho nada.
Só resta-me a tristeza e a dor,
Que caminham lado a lado,
No sombrio caminho de minh`alma.

Por sofrer tanto
- Fico anestesiada!
Em meio a tudo ... Em meio ao nada.

O desconforto eterno depositou-se em mim,
Deixando uma constante tensão
A comprimir meu peito.
E um desejo intenso do fim.

- Oh, Doce Fim.


Nyne Rock
 
DESCONFORTO

SENSAÇÕES

 
SENSAÇÕES
 
Pensei...senti o frio bater...
A porta escancarada da vida,
Com um estridente ranger
_ Bem sabia que eu estava de partida

Lá fora, sou engolida pela sombria névoa da solidão
_ Não muito diferente de onde vim;
Nuvens pesadas pairando em vão
E pondo-se a chorar sobre mim.

Caminho sem direção,
Talvez a procura de abrigo:
Não da chuva a fazer serão,

Mas de refúgio para meu coração sofrido,
Pois envolto em meu turbilhão
Está sempre em perigo.

Nyne Rock
 
SENSAÇÕES

Nyne Rock