Poemas, frases e mensagens de Nennika

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Nennika

Imagem destorcida

 
Observo a imagem refletida no espelho,
Que timidamente me sorri,
Atônita não me reconheço nela.
O olhar reflexo me desperta
No corpo cansado... Tão marcado pelo tempo,
Como uma flor que perdeu seu viço.
Minha alma criança que ainda brinca,
Não se reconhece no rosto envelhecido,
Que refletido no espelho não esconde,
O que a alma insensata tenta disfarçar,
Camuflando sentimentos...
E essa imagem se impregna em mim,
Não consigo distinguir quem sou...
Não encontro o brilho nos olhos,
Antes tão nítido ostentando sonhos
Nem a magia no sorriso,
Dos lábios faceiros que profanaram loucuras...
Vejo apenas ser e emoção juntos,
Numa homogênea mistura...
Então me pergunto:
Onde estou?
Se não me reconheço
 
Imagem destorcida

Insana

 
Às vezes sou assim;
Insana...
Uso a poesia.
Para libertar os meus medos
Eu me entrego aos meus anseios...
Então viajo em devaneios,
E me realizo...
Na amante,
Na amiga,
Na verdade mais escondida,
Na emoção que te atiça,
No sentimento que te realiza,
Na anônima que te beija...
A insana...
A poetisa...
Que navega num barco a deriva
E te faz navegante dos prazeres e delicias...
Na viagem instigante,
Que o meu corpo te convida...
 
Insana

Nada é por acaso

 
Se não tivesse um obstáculo a minha frente,
eu teria avançado,
e nosso encontro teria acontecido no momento marcado...
Porem perdi tempo no desvio,
num descuido,
acabei seguindo o caminho mais longo...
Chego anos atrasada,
te encontro esperando,
marcado pelo tempo,
pela espera angustiante...
Vejo que tropeços lapidaram sentimentos...
flores, pássaros, cores desviaram o foco
e a vida foi acontecendo,
escrevendo uma história...
E o encontro atrasado...
Veja só,
É hoje...
É agora...
 
Nada é por acaso

Do que fugimos...

 
Sim era um momento de introspecção,
De uma analise profunda,
Da minha própria existência...
Precisava de um renascimento,
Romper barreiras...
Lutar contra o tempo...
Tempo escasso tempo,
Que me toma nos braços e corre,
Corre desenfreadamente,
Apressando um futuro incerto,
De promessas...
Na correria os contornos da paisagem se confundem,
Outonos... Invernos... Verões...
Mais e as flores,
Perdi a primavera?
Ha tempo... Ingrato tempo,
Pra onde me levas?
Por que vorazmente me conduz?
Do que fugimos?
 
Do que fugimos...

Até encontrar você !

 
Embriaguei-me de felicidade num momento de insensatez...
Lutei contra meus próprios princípios,
Modificando conceitos... ignorando regras e leis...
Entreguei-me as delicias desse seu jeito gostoso de me envolver...
Reencontrei-me... ainda com vida num passado marcado pela estupidez...
Agonizando... Acho que esperando por você...
Guardando sonhos e desejos secretos...
Ocultando pensamentos e verdades...
Revezando sentimentos...Consegui sobreviver...
Até encontrar você...
 
Até encontrar você !

Ventos e paixões

 
Muitos são os caminhos...
Às vezes longas e solitárias caminhadas.
Rascunhando planos e rabiscando desenganos,
Com a ingenuidade de uma criança,
Inúmeras vezes nos apaixonamos...
Odisséia de emoções as quais nos aventuramos...
Diamantes?!
Ou aventuras que colecionamos?
Não!!! Alimentos d’alma,
Ilusões que necessitamos...
Ventos que sopram direcionando... orientando...
Tórrido e envolvente...
Em finais de tardes de outono...
Novas paixões alimentando...
 
Ventos e paixões

Que falta eu sinto de você !!!

 
Não planejei me envolver assim...
Mas teria jogado tudo pro alto,
Se me pedisse pra ficar com você...
Hoje percebo...que outra vez o destino esteve brincando comigo,
Me aproximando de você nessas condições...
Que não devia ter te amado...
Mas te amei...
Agora procuro razões que expliquem tanta paixão...
Me perguntando ??
Que sonhos andei alimentando?
Se o tempo todo tinha certeza que nunca teria você.
Que fantasias embalaram minhas emoções ?
Se os nossos caminhos claramente apontam rumos diferentes.
Só mesmo esse tal amor...
Para justificar tantas loucuras.
Só mesmo um sentimento tão cheio de mistérios...
Que não pede nada,
E aceita tão pouco pra continuar sonhando...
Amor... Paixão... Sonhos... Fantasias....
Emoções e sentimentos que motivam uma vida inteira...
Aqui apenas palavras...
Palavras que certamente não traduzem o que meu coração sente,
Quando ao te ver bate acelerado...
Palavras que covardemente aliviam minha culpa...
Culpa de não ter arriscado tudo por você...
Palavras que certamente não provam nada...
Mas chegam até você... E posso dizer...
QUE FALTA EU SINTO DE VOCÊ !
 
Que falta eu sinto de você !!!

Encontro...

 
De repente uma sensação nova de felicidade plena!
Emoções vindo à tona... Sentidos a flor da pele!
Um calor... Um arrepio... Coração a mil!
Um sorriso que não se esquece...
Um perfume...
Uma imagem que não se apaga...
Delírios... Simples acasos...
Peças que o destino nos prega!
Uma troca de olhar que nos acorrenta...
Um beijo que nos aprisiona...
O impossível se tornando inevitável,
Essencial a vida!
 
Encontro...

Dizer que te amo

 
Dizer que te amo
em frases que eternizam sentimentos
em gestos que concretizam sonhos
e solidificam atitudes...
Dizer que te amo
com frases que o tempo não apagará
com gestos que a lembrança não esquecerá
Dizer que te amo
Assim...
como certamente alguem ja amou
como certamente um poeta ja escreveu
com erros e acertos
medos e falhas...
Te amo !
 
Dizer que te amo

Pedir perdão é facil...mas perdoar....

 
Alguma coisa me incomoda...e me agita...
uma dor aperta o peito,
me sufoca...
Tudo a minha volta parece ainda mais triste,
Sem aparente causa...
Vago entre incertezas,
Vejo a vida se reprisando,
numa imensa tela...
Descubro que o tempo passa...
não perdoa...deixa marcas...
Noto cicatrizes superficiais em meu rosto,
feridas que ainda ardem
angustiando-me a alma.
Lágrimas que segurei por orgulho,
gritos que sufoquei...
tapas que não dei...
Situações mal resolvidas,
que embruteceram meus sentimentos...
e não deixam saída,
não possso...
não quero perdoar você !
 
Pedir perdão é facil...mas perdoar....

Reflexão

 
Se o dia amanhecer triste... nublado...
E a noite chegar ainda mais escura...
Lembrem-se tudo na vida passa,
Mesmo as marcas mais profundas,
O tempo ameniza...
Se encarregando de novos planos.
Amadurecendo sentimentos,
Que às vezes a impetuosidade do destino não respeita.
Apagando sucessos e fracassos com a mesma intensidade,
Que fortalece amores e amizades...
Ainda que a vida tente impor seus limites...
Por isso...
Mantenha-se firme nos seus propósitos...
Dentro dos seus limites não permita invasores...
Sentimentos se renovam a cada novo dia...
Ainda que o sol não brilhe... E as estrelas não apareçam...
 
Reflexão

Destino

 
Varias vezes em nossos caminhos...
As vezes quanto tudo parece muito claro...
Num determinado momento... nos decepcionamos...
Infelizmente algumas vezes... com quem mais amamos...
Aquele em quem apostamos todos nossos sonhos...
Com quem dividimos muitas alegrias...
Rindo com a mesma intensidade...
Ignorando os mesmos preconceitos...
Sim... Aquele a quem nos entregamos sem medos ou receios...
Tudo tão perfeito que parecia definitivo
Infelizmente... parecia...
Não é que o destino muda tudo.
Ai... cadê explicações para entender...
Destino? Para as perguntas... poucas respostas...
Apenas incógnitas...
Sempre alguém sofrerá mais... Infinitamente mais...
Ainda que não queira...
 
Destino

Perdida

 
Ando um tanto perdida...
Distanciando-me de mim,
Desviando-me da vida...
Vago no mundo assim,
De sentimentos em sentimentos
Sem rumo... Sem direção...
Não te encontro... Não me acho...
Perdida sem noção...
E é nesse desencontro absurdo,
Nessa busca que não tem fim
Que entrego-me a outro corpo...
E não sou dona de mim!
 
Perdida

Vida

 
Ah!Vida!
Incógnita não entendida...
O que foi... Foi... Não volta...
O hoje tão fugas... Num piscar de olhos,
No ontem se transformará...
O amanhã... Apenas espera...
Anseios da alma...
Planos e desejos...
Mas será que virá?
 
Vida

Chorei de saudade

 
Hoje me veio à mente... Lembranças...
Breves momentos.... Sentimentos que deixei no passado,
Quando inconseqüente...
Achei impossível viver a seu lado!
Por um instante o coração bateu forte...
Relembrando os passos que demos lado a lado.
E chorei...
Chorei de saudade...
Do abraço apertado... Das noites de festas...
Do sorriso iluminado!
Saudade da nossa ingenuidade...
De achar que não precisariam palavras,
Só a troca de olhar...
Porem o tempo passou... A porta se fechou...
E o que eu esperava ouvir de você
Também meu coração calou...
 
Chorei de saudade

Poeta...

 
COMO ENTENDER ?
NÃO SEI... !!!
SEI QUE TODOS OS POETAS,
SABEM COMO O DIZER,
E O DIZEM BEM...
FALAM DE AMOR... E SAUDADES...
DAS MULHERES...DE SUAS VAIDADES...
NAS SUAS INFINITAS FANTASIAS,
RIMAM DORES... COM A BELEZA DE FLORES...
E EM DEVANEIOS NAVEGAM...
NOS MARES INCERTOS DA ILUSÃO...
MAS TODOS OS POETAS !!!
ETERNOS APAIXONADOS QUE SÃO...
SABEM CANTAR O AMOR...

E TRAZEM NO OLHAR...
A MAGIA DE ENVOLVER...
NAS PALAVRAS O PODER...
DE SEDUZIR...
 
Poeta...

Vestígios de um amor...

 
Vestígios de um amor...

Voar livre... Buscar limites...
Entregar-se... Permitir que as emoções mostrassem o caminho...
Ser livre mesmo aprisionada pelas grades invisíveis da comodidade...
Tocar o céu mesmo quando se mantêm os pés firmes no chão...
Ipnotizar-se com o brilho das estrelas...
Devanear guardando segredos...
Disfarçando evidências...
Manter-se inerme... Mas Audaz...
Olvidar... E não sofrer....
Ousar... E não lamentar...
Não ter pressa... Caminhar...
Deixando pelo caminho...
Somente lembranças...
Vestígios de um amor...
De um grande amor!!!
 
Vestígios de um amor...

Magia*

 
Uma nevoa úmida e fria encobre meu passado,
Intuitivamente impedindo lembranças ou magoas.
Ludibriando sentimentos e ressentimentos guardados,
Latentes nesse coração que ainda insiste em amar-te...
Impulsionado pela misteriosa magia desse teu olhar,
Estupidamente envolvente!
 
Magia*

Desencontro...

 
Por que será?
Que por um instante vacilei!
Se por tanto tempo te esperei
Se pela vida eu vinha
E sem rumo certo a seguir
Quantas vezes em meus sonhos te busquei
E nesse mundo irreal
Quantas vezes tua boca tocou a minha
Quantas vezes teu corpo tocou o meu
Sempre no silencio de noites tão vazias
Perdi a conta de quantas vezes,
Nesse desencontro...
A sua ausência eu chorei
E em outro rosto
Em outra boca eu te procurei
Tentando enganar a mim mesma
Vivendo falsos momentos
Machucando-me ainda mais
E quando eu te encontrei
Num único vacilo meu
Você desapareceu!
 
Desencontro...

Feliz Ano Novo

 
Sabemos... Que nem todos os sonhos,
Que sonhamos,
É possível realizar...
Alcançar um ideal é buscar vida a fora
Certezas que talvez nunca tenhamos...
Mas sonhar é perseverar...
Insistir... Acreditar...
Mesmo quando surgirem obstáculos...
Estarmos em paz com nós mesmos,
Já é meio caminho andado...
Acreditem vale a pena!!!
É obrigação nossa fazer o melhor por nós...
É dever seu fazer o melhor por você...
Para você...
Aproveite que 2008 está apenas começando...
Convidando-nos para mudanças,
Dando-nos oportunidades para reavaliar mos...
Sonhos e atitudes...
Acreditem na magia que envolve esse dia...
Mentalizem coisas boas...
Talvez nem todas venham a acontecer...
Mas lembrem-se
A perseverança nada mais é
Que a luta diária,
Que cada novo amanhecer traz...!


Pensem nisso e Feliz Ano Novo!!!
 
Feliz Ano Novo

"Quando estou muito quieta por fora,
é por que dentro de mim alguma coisa grita
e eu preciso me ouvir."