https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

A ultima Poesia

 
Minhas poesias andam reclamando
Sentem-se muito solitarias, as minhas poesias
Caladinhas na tela do computador
Escondidas e esquecidas, ate mesmo por mim

Elas querem gritar e dancar pelo vento
Disseram-me que vao me abandonar
E que deveras nunca foram minhas, as poesias
Precisam de companhia, poesias em depressao

Sera que um dia um outro poeta solidario
Vai se comunicar com elas?
Ou um pintor carinhoso lhes dedicara um quadro?

Poesia triste e sem voz:
O som de sua tristeza chegou a meus ouvidos
De tal modo que lhe dedico essa ultima poesia

Pessoal, sou novo aqui e ainda nao sei como se faz para aparecerem os acentos graficos, assim sendo, postei a poesia sem os acentinhos :(

Fiquei por tempos tentando escolher a minha primeira poesia a ser posta aqui... Procurei umas pelas rimas... Outra por metaforas... Conteudistas... E entao escolhi: Escolhi a Poesia pela SINCERIDADE.

É exatamente isto que elas sentem, tadinha, e achei um excelente lugar, onde elas podem arrumar coleguinhas...

Abraços a Todos os verdadeiros Poetas!
 
Autor
Notlimer
Autor
 
Texto
Data
Leituras
537
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 27/11/2009 03:19  Atualizado: 27/11/2009 03:19
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: A ultima Poesia p/ Notlimer
Olá Notlimer

Bem vindo a este "nosso" espaço
do qual faço parte e espero que
se sinta bem por aqui...
Poesia é assim o estado da alma
de quem a escreve....

Beijinhos no coração


Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 27/11/2009 07:46  Atualizado: 27/11/2009 07:46
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: A ultima Poesia
A poesia reclama e nós devemos dar-lhe o calor da leitura e um voto de solidariedade.
Um abraçooo de Boas Vindas!
Abílio