https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Espectros!

 
Espectros de consistências duvidosas
De dimensões das neblinas vaporosas
Chegam adentrando poderosos castelos...

São sombras misteriosas vindas das trevas
Que vão penetrando pelas fendas da terra
Vermelha do lúgubre e gélido cemitério...

Vagueiam iguais a pássaros novos feridos
Arrastando ventos, correntes e gemidos
Blasfemando vis e mesquinhos impropérios...

Sei que apenas são sombras solitárias e sofridas
Mãe causadora das chagas e das múltiplas feridas
Decantadas horrendamente nesses fétidos versos...


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
636
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jluis
Publicado: 29/01/2010 21:13  Atualizado: 29/01/2010 21:13
Colaborador
Usuário desde: 18/12/2009
Localidade:
Mensagens: 1532
 Re: Espectros!
Gostei de mais este teu poema. Muito!
Parabéns, Gyl
Abraço
JL