Poemas -> Desilusão : 

Quantas vezes...

 
Tags:  amor    vida    dor    passado    sorriso    ciúmes    vazia    perdi  
 
Open in new window



Quantas vezes pedi para ficares
Não voltares as costas ao nosso amor
Foram palavras sentidas
Sentimento cheio de dor
Com a alma derramada pelo rosto
O coração já vazio de sorrisos
Jazia no rio do desgosto
Quantas vezes, cedi aos teus caprichos
Birras, ciumes, noites sem fim
Para perceber que afinal
Querias estar sem mim…
Quantas horas vividas no silêncio
Com a solidão como companhia
Quando já estavas de partida
Apenas não percebia
Quantas vezes chorei sozinha
Sem saber onde tinha errado
Hoje apenas te quero esquecer
Colocar-te bem longe, no meu passado.
Quantas vezes te perdi
Sem saber que me perdia
Hoje estou melhor sem ti
A minha vida já não é vazia!
Os sorrisos vou reencontrando,
Procurando na natureza
No som dos pássaros chilreando
Em tudo vejo beleza!
Reencontrei-me… Voltei
Mas forte do que antes
E no futuro apenas vou dizer
Que de ti, só tenho
Memórias distantes!


:*

 
Autor
krystyna77
 
Texto
Data
Leituras
6589
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
3
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Runa
Publicado: 23/05/2010 21:24  Atualizado: 23/05/2010 21:24
Colaborador
Usuário desde: 24/04/2010
Localidade: Santo Antonio Cavaleiros
Mensagens: 1174
 Re: Quantas vezes...
A vida é feita de ciclos, que têm de ter um fim para poder dar a vez a outros ciclos maiores, mas, entre o final de um ciclo e o inicio de outro, costuma criar-se um vazio que muitas vezes temos dificuldade de suportar. Ainda bem que já entraste no novo ciclo...

1 Beijo

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 23/05/2010 22:33  Atualizado: 23/05/2010 22:33
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 10549
 Re: Quantas vezes...
Lindo o teu poema, mesmo sendo de desilusão, tudo é bom enquanto dura, há que aproveitar a vida,
e porque ninguém é de ninguém, o melhor é partir
em busca da felicidade.

beijinho
gostei de te ler
rosa

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/05/2010 09:18  Atualizado: 26/05/2010 09:18
 Re: Quantas vezes...
É com alegria que verifico o teu regresso. Presenteaste-nos com um poema tristeza/ esperança muito belo. A vida é assim mesmo, tudo é eterno até que dure. Na contemplação da natureza se encontra a paz e a tranquilidade e ver que a vida continua deixando para trás o passado e seguir em frente.

Adorei a leitura

Beijo azul