https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cocotas

 
Cocotas


Veja só meu amigo o que eu vou lhe falar
Nessa noite tive um sonho que foi mais do que lascar
Apareceu uma cocota mais feia que um dragão
Pensando que eu sou São Jorge sai daqui te digo não

Ref. Sai cocota sai daqui te digo não
Sai cocota vou te dar um pipocão
Sai cocota tenho nojo de você
Sai cocota só queria te come

Caminhando pro colégio
Meio que olhando pro chão
Pensando no pesadelo
Quando me toco, oh não
Era a cocota do sonho empinando seu narigão
Sai correndo pulei o muro
Tem um rotvaller a minha espera
Prefiro ficar com ele do que enfrentar aquela fera
Todo arrebentado sobrevivo pensando que não vou ver mais ela
Mais quando vejo ela é amiga da marcela

Ref. Sai cocota sai daqui te digo não
Sai cocota vou te dar um pipocão
Sai cocota tenho nojo de você
Sai cocota só queria te come

A marcela me chama querendo me apresentar
Esse filhote de dragão que já veio me beijar
Fechei os olhos fiz uma oração
Meu Deus me proteja desse dragão

Pior foi depois na aula de educação física com
Aquela barriga de bola e a priquita de pizza
Chegou me agarrando disse que queria ficar
Comigo na festa que os caras foram me chamar

Sem ter opção fiquei com o dragão

Me chamaram pra um a festa que foi meio do caralho
Antes da meia noite já tinha bebo no armário
Quando olhei pro lado vejam só o que eu encontrei
A cocota La dançando com um playboy meio gay

Quando chego La em casa bem contente pra valer
Pensando no que em casa tem pra eu comer
Quando abro a porta o que é que eu vejo na TV
Varias cocotas la no cine privé


Não cocota!
Não cocota!
Não cocota!
Não cocota!
Não cocota!

Nããão...

 
Autor
Démolidor_saf
 
Texto
Data
Leituras
2504
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.