https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Meu Velho Pai

 
Meu velho pai,
preste atenção no que lhe digo.
Meu pobre papai querido,
enxugue as lágrimas do rosto.
Porque papai que você chora tão sozinho?
Me conta, meu papaizinho,
o que lhe causa desgosto?

Estou notando que você está cansado.
Meu pobre velho adorado
é seu filho que está falando.
Quero saber qual é a tristeza que existe
Não quero ver você triste
porque é que está chorando?

Quando lhe vejo,
tão tristonho desse jeito,
Sinto estremecer meu peito,
ao pulsar meu coração.

Meu pobre pai você sofreu pra me criar
Agora eu vou lhe cuidar
esta é minha obrigação.

Não tenha medo,
meu velhinho adorado,
Estarei sempre ao seu lado,
não lhe deixarei jamais.

Eu sou o sangue do seu sangue,
papaizinho,
Não vou lhe deixar sozinho,
não tenha medo meu pai.

Você sofreu
quando eu era ainda criança.
A sua grande esperança
era me ver homem formado.

Eu fiquei grande
estou seguindo o meu caminho
E você ficou velhinho,
mas estou sempre ao seu lado

Meu pobre pai,
seus passos longos silenciaram,
Seus cabelos branquearam,
seu olhar se escureceu.

A sua voz quase que não se ouve mais
Não tenha medo meu pai,
quem cuida de você sou eu

Meu papaizinho
não precisa mais chorar
Saiba que não vou deixar
você sozinho, abandonado.

Eu sou seu guia,
sou seu tempo,
sou seus passos.
Sou sua luz,
e sou seus braços
sou seu filho idolatrado...


Gyl Ferrys

Perdi meu pai há alguns anos. Por isso não gosto de compôr para os pais. Mas quis deixar essa bela composição poética que é uma canção brasileira muito famosa nas vozes de Tião Carreiro e Pardinho, Carmem Silva e outros mais. A letra da músisa é de autoria de Léo canhoto. Para quem gosta, um prato cheio de amor e sensibilidade. Feliz Dia dos Pais!
 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
6877
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
16
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 08/08/2010 22:53  Atualizado: 08/08/2010 22:54
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Meu Velho Pai
A poesia Meu Velho Pai,belíssima.
Apesar da perda do teu pai e da tua dor,lembraste
do teu pai.

Abraço amigo.

Varenka


Enviado por Tópico
Oswaldo
Publicado: 08/08/2010 22:59  Atualizado: 08/08/2010 22:59
Super Participativo
Usuário desde: 12/07/2010
Localidade: São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
Mensagens: 146
 Re: Meu Velho Pai
Gyl, também perdi meu. Era agosto, dia 15 próximo ao dia dos pais. Ganhei uma sobrinha no dia seguinte. É sua primeira neta, posto que só tinha três netos meninos.
Sinto muita saudade dele. Gostei de relembrá-lo através do teu texto.

Grande abraço e parabéns pela escrita.

Oswaldo Eurico Rodrigues


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 08/08/2010 23:00  Atualizado: 08/08/2010 23:00
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: Meu Velho Pai p/Gyl
Nunca fui muito dada a fazer homenagens em dias prescritos, pois penso que todos os dias são dia de...

Mas esta letra é de facto muito bela.Contém todas as emoções.

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 08/08/2010 23:04  Atualizado: 08/08/2010 23:04
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2756
 Re: Meu Velho Pai
A letra "Meu velho pai" é uma composição de Léo Canhoto e foi gravada primeiramente pela dupla Léo Canhoto e Robertinho no fim da década de sessenta.

Abraços


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/08/2010 23:33  Atualizado: 08/08/2010 23:34
 Re: Meu Velho Pai p/ Gyl
Gyl, meu ganda bróta, não posso falar, escrever, mas vou tentar...a questão do pai sempre me remete para a mãe, o inverso também acontece,e ao ler-te um turbilhão de imagens, como num filme acelerado,me
invadiu,uma delas se prende com um dia em que eu regressava da escola e nos potentes altifalantes da praça o Teixirinha cantava "Vinha vindo da escola, logo de longe avistei, o rancho qui nóis mórava..."... desci a ladeira com a cabeça pra baixo,pescoço encostado ao peito...outra imagem,bem recente,"Já falaram à você do Teixeirinha? Olha, nóis cá amamos o Roberto Leal!"... na minha casa rolava e rola essencialmente música internacional e música nacional bem diferente dessas que estou aqui mencionando...mas nessa viagem feita de retalhos lembro também o Xico "pai, afaste de mim esse cálice, pai...", sabes, irmão, já vi gente demais partir, ando cansado das despedidas, tenho a certeza que há cada vez mais gente amiga indo deste mundo,e cada vez menos gente amiga ficando...
Já vai longa esta fita aos cortes e atalhos e tudo o que eu queria era deixar-te o meu silêncio cúmplice,de irmão para irmão !...

UM GRANDE ABRAÇO


Enviado por Tópico
agniceu
Publicado: 08/08/2010 23:35  Atualizado: 08/08/2010 23:35
Da casa!
Usuário desde: 08/07/2010
Localidade:
Mensagens: 272
 Re: Meu Velho Pai
Talvez acabemos por não perder ninguém, apenas vão viajar para um outro lugar, fica difícil suster as saudades, por isso vamos lembrar os seus sorrisos…

Um abraço amigo Gil, seu pai neste momento estará muito orgulhoso de ter um filho de coração grande.


Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 09/08/2010 22:46  Atualizado: 09/08/2010 22:46
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2058
 Re: Meu Velho Pai
Que poema lindo, quanto sentimento, quanta pureza nele contido...
comentarei com um poema que fiz ao meu , felizmente ainda vivo.
PAI

Assim corre, mansamente,
O rio de minha lembrança,
Uma utopia presente,
Nos meus sonhos de criança!
Quero ser marinheiro, Pai!
“Meu filho “disse a sorrir,
“Queres ser marinheiro, vai,
Tens tudo para conseguir... “
Mas sou tão pequenino!
O Mar Pai... Que campo aberto,
Vem comigo, porque sozinho,
Perder-me-ei por certo.
“É tarde meu filho, vê,
Não posso mais enfrentar o vento
Tu, força de vida, crê
Agarra bem cada momento “ .
Com esguardo acatei, agreste
Era o caminho a seguir,
O sofrimento de leste,
Quase me fez desistir...
Pensei então em ti, Pai
Meu orgulho e meu encanto,
Quando me disseste, “vai “
Nunca pensei querido Pai
Que a vida ensinasse tanto!

Regensburg

Um abraço forte e que possamos ser o orgulho de nossos filhos.

Beija-flor


Enviado por Tópico
Jesusviveemmim
Publicado: 10/08/2010 02:06  Atualizado: 10/08/2010 02:06
Super Participativo
Usuário desde: 07/04/2010
Localidade:
Mensagens: 197
 Re: Meu Velho PaiP/Gyl
Lindo GYL, TB perdi o meu Pai há 3 anos e fica-me o amor a saudade e as lembranças que guardo como um troféu para lhe entregar lá no céu...

BEIJOS AMIGO QUERIDO, EMOCIONASTE-ME...

NÃO TENHO MAIS PALAVRAS, SÓ EXPRESSÕES DE SENTIMENTOS INENARRÁVEIS...

Alice Barros