https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Domingo

 
Apolo, rubicundo, vermelho,
Estende sob o amplo planeta
As melanias doiradas dos seus
Cabelos,

Enquanto deixa a sagrada
Cama do teu zeloso esposo,
A moça Aurora das pontas
Dos dedos rosados.

Passam pássaros de farpadas
Línguas
Saudando Aurora com harmonia
Melíflua!

Borboletas brancas, todas infantes,
Mal saídas das ricas crisálidas,
Azuis, coloridas, pálidas,
Prendem com seus laços fortificantes
(Que os olhos não vêem jamais)
Os fios todos verdes dos verdes
Arrozais...

Na cobertura das ramas e copas
Uma aranhinha sua rede vai tecendo
Um riacho murmurando um sereno
Canto em seus meandros e voltas!


Nuvens de flores esparramadas
Das mais variadas cores e perfumes
Véus de líquidas águas nas cascatas
Nos ninhos chios dos pequenos implumes!

Mais um belo e eterno Domingo!
Radiante... Verdadeiro céu de anil!
Possibilitando alegrias a seres mil...
Dia próspero de luz... Manto cristalino!

Agora sobre mim passam, em alegre bando,
Mais de mil garças
Voando...
Todas esbranquiçadas...
Levando-me
Em ligeiras e leves asas...
Vou com elas com um sempre contido
Sorriso que ando guardando desde menino...

Ah! Voar!...
Sinto cheiro doce de pó de céu!
Todos meus poros em constante
Arrepio...
Tudo tingido de azul! Falante
Que sou, recrio...
Refaço, sou de lodo e de aço,
Sou de rio, sou lírio,
Sou de plástico!


Domingo!...
Dia mágico, místico e sedutor.
Dia universal do ócio... Preguiça...
Tempero novo... Cheiro do almoço...
A saborosa comida...
Sete horas tem missa
Para agradecer ao... Criador!




Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1100
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
16
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 24/10/2010 19:30  Atualizado: 24/10/2010 19:30
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2171
 Re: Domingo
Maravilhoso, Gyl,mas sabe o que é mais interessante de tudo, o seu estado de felicidade poética, parabéns pelo poema e seu domingo que me parece divino,

Beijocarinho, Lu


Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 24/10/2010 20:16  Atualizado: 24/10/2010 20:16
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: Domingo
Cara, quero esse domingo para mim... rs

abraço!


Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 24/10/2010 22:09  Atualizado: 24/10/2010 22:09
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Domingo
Gyl,

O teu maravilhoso dia de domingo desejo que seja para sempre.Belas palavras!!!

Abraço
Varenka


Enviado por Tópico
IzauraN.Soares
Publicado: 24/10/2010 22:19  Atualizado: 24/10/2010 22:19
Da casa!
Usuário desde: 19/10/2006
Localidade: Osasco- SP
Mensagens: 322
 Re: Domingo
Que belo Domingo você teve em poeta GYL
fez um lindo poema, parabéns!

Um belo fim de tarde de Domingo para você!

Beijos no core.

IZA


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 24/10/2010 22:22  Atualizado: 24/10/2010 22:22
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Domingo
Gyl,
Gostoso como um Domingo abençoado.
Beijo
Nanda


Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 24/10/2010 22:37  Atualizado: 24/10/2010 22:37
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: Domingo
Uma inspiração fantástica. Só vejo beleza poética!

Abração do ZÉ


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/10/2010 23:48  Atualizado: 24/10/2010 23:48
 Re: Domingo
Gyl, simplesmente maravilhoso! Poucos aqui no Luso conseguem pintar telas tao coloridas e aromaticas como tu o fazes! Uma verdadeira viagem de sonho ler os teus poemas! Mil parabens e um abraco!


Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 25/10/2010 00:10  Atualizado: 25/10/2010 00:10
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: Domingo p/ Gyl
Olá caro poeta Gyl

Acho o domingo sempre chato...(achava)
depois de ler este teu poema deslumbrei
este domingo que transpareceu um dia de
total felicidade...Amei seu poema

Beijinhos no coração