https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

CREPUSCULAR

 
Tags:  tristeza  
 
CREPUSCULAR
 
Uma folha dispersa,
aos pés do poeta,
de súbito, cai.
Rola e, no vento,
com outra, esquecida,
folha se vai...

Juntam-se, soltam-se,
prendem-se a outras,
rolam ao vento,
distantes se vão...

Amores da gente
são folhas dispersas
que ao vento se dão.

... Vai-se o poeta
- as cãs, já grisalhas -
pensando bobagens
do seu coração....


Sergio de Sersank
Visitem meu blog literário "Estado de Espírito"
http://sersank.blogspot.com

Do livro "Estado de Espírito", de Sersank


(Direitos autorais protegidos por lei)
 
Autor
Sergio de Sersank
 
Texto
Data
Leituras
1156
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 14/12/2010 03:05  Atualizado: 14/12/2010 03:05
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3263
 Re: CREPUSCULAR
Fantático poema.

Karla B

Enviado por Tópico
Sergio de Sersank
Publicado: 14/12/2010 14:31  Atualizado: 14/12/2010 14:31
Super Participativo
Usuário desde: 13/01/2010
Localidade: Londrina-PR BRasil
Mensagens: 159
 Re: CREPUSCULAR
Gratíssimo, Karla.
Bj!
Sersank