https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Passadas sim, mas não em vão!

 
Tags:  amor    memórias  
 
Naufragando, meus olhos, tristes estão
Vertendo do peito, lágrimas salgadas
Tentando sem jeito, apaziguar o coração...
Convertendo histórias em águas passadas

Passadas sim, mas não em vão!
Pois as páginas do livro imaculadas
Onde vou guardar com emoção
O encanto de duas almas enamoradas

Perpetuarão escrita a voz do coração
Ao ritmo melodioso daquela canção…
Do rio correndo pela encosta do monte

Da ave cantando e voando sobre o mar
Do que nos encheu a alma e fez sonhar...
Projectando vida para além do horizonte!


J. Antero Oliveira

 
Autor
Antero
Autor
 
Texto
Data
Leituras
735
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 26/12/2010 16:22  Atualizado: 26/12/2010 16:24
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Passadas sim, mas não em vão!
Poeta.

Um soneto de amor eterno!Adoro ler teus escritos!


Saudações poéticas

Abraço
Varenka


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 26/12/2010 18:28  Atualizado: 26/12/2010 18:28
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4535
 Re: Passadas sim, mas não em vão!
Palavras escritas pelo
coração de poeta enamorado.

Gostei do soneto. Parabens.

Antonieta