Poemas -> Tristeza : 

Justa injustiça!

 

Segui seus passos na trilha do destino
Me embrenhei no conturbado mundo dos sonhos
E gritei!
Um grito abafado
Silenciado por fim.
O uivar dos lobos famintos
me lembra os momentos hostis dos calabouços do terror.
Da vergonha do não poder ser o que se é.
Das torturas mascaradas pelo silencio e sorrisos falsos.
dos campos de concentração da fumaça branca
Anunciando um novo líder religioso.
Do banquete dos ricos e poderosos (dos Reis).
A fome dos miseráveis.
Das prisões lotadas de inocentes.
das togas dos magistrados
Julgando e condenando mais um.
Culpado?
Não. Um pobre, ou um negro, ou uma prostituta talvez.
Volto dos sonhos a trilha do destino.
Sento-me ao chão e choro.
Lamento pela dor de muitos e percebo que a minha dor
pequena diante de tantas lágrimas derramadas pelo mundo.
A minha dor é de saudade, que não se compara com a dor da injustiça.


Neturno....

 
Autor
neturno
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1130
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Cristhina Rangel
Publicado: 18/02/2011 02:38  Atualizado: 18/02/2011 02:38
Participativo
Usuário desde: 02/02/2008
Localidade: são Paulo
Mensagens: 34
 Re: Justa injustiça!
Justa Injustiça..
Tentei destacar o trecho que mais teria gostado, mas não ha como. Eu Aplaudo!
parabéns.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/02/2011 07:07  Atualizado: 18/02/2011 07:07
 Re: Justa injustiça!
Olá!
É um prazer ler-te novamente!
Um texto cheios de dor,mas lindo!
Parabéns!

Abraços de amizade!