https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Vício.

 
Apesar de saber que me faz mal,
eu só preciso disso,
sim eu sei que sim,
só disso para viver.
É como uma droga,
Usando-a, me mata.
Sendo que, eu já estou morta.
Me falta o ar,
me falta a alegria,
me falta a vontade de viver.
E eu continuo aqui,
apenas respirando.
Apesar de me doer falar,
eu dependo disso para tudo.
É como um vício;
Letal,
porém necessário.



Natália Campello.
23\07\10 - 13:38


- Natália Campello

 
Autor
MnataliaPcampello
 
Texto
Data
Leituras
462
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 20/03/2011 02:01  Atualizado: 20/03/2011 02:01
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29335
 Re: Vício.
ESPLENDOR, QUE MARAVILHA DEIXO MEU ABRAÇO.

MARTISNS