https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

misericórdia

 

tão ridículo é o rio
onde te deitas,
tão grotesco
esse grito de louca
feita de vidro fosco e
silêncio podre.

não convoques os peixes
para te carregarem
à força
de cansados nenúfares
poupa-os
da alergia
degradante
na tua teimosia
obcecada
na construção de abissais
poético-fodas

fica, vai ficando
e torneando tranças
de letárgicas vontades
pedradas
auto-mutilantes
no precipício da tua vaidade
esse eco das rãs
que coaxam perdidas
sem parar no teu ventre
que enche, enche
no afago da mesmice
e se dinamita
gorgulho esganiçado.

misericórdia.


 
Autor
gabrielas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1303
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 29/07/2011 21:49  Atualizado: 29/07/2011 21:49
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10200
 Re: misericórdia
Boa noite Nobre poetiza, sua personagem, fora descrita com uma mulher repugnante, sem as menores qualificações humanitárias, sendo passiva de gratuita repulsa por todos quantos venham a lhe conhecer, meus parabens pela forma contundente que descreves esta pessoa horrenda, MJ.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/07/2011 00:35  Atualizado: 30/07/2011 00:35
 Re: misericórdia
EM PALAVRAS SEU POEMAS E TEXTOS SOÃO ENCANTADORES, MARAVILH DEIXO MEU ABRAÇO