https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Veste branca da manhã

 
Tags:  manhã    sede    aurora  
 
Bordando a veste branca da manhã
Sorridente, desperta dourada, sem pressa
A luz da aurora espreguiçando na parede
E em seu raiar silente bebe minha sede
Em solene entrega de pencas de promessas

Ah! Esse aroma matutino que me inventa,
Em outro solo, em outra água e em outros ares,
- débil bacelo salvo em vinha poeirenta -
E em toda sorte de semente e de pomares.
Ah! Perfumada veste branca da manhã!

 
Autor
Manito
Autor
 
Texto
Data
Leituras
785
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 30/07/2011 01:50  Atualizado: 30/07/2011 01:50
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29263
 Re: Veste branca da manhã
UM BELOM POEMA DEIXO MEU ABRAÇO.

MARTISNS