https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Penélope & Peri

 
Por quantas vezes eu te senti
Eu te quis e eu te desejei...
Eu te imaginei aqui, perto de mim
Por quantas vezes eu não sei!...

Por quantas vezes quis ser o teu rei
Que eu quis te fazer somente minha
Em quantos castelos eu te fiz Rainha
Por quantas vezes eu não sei, não sei!...

Por quantas noites eu adormeci
E te tive povoando meu sonhar
Voávamos sobre as ondas do mar
Você era Penélope eu era Peri!

Por quantas manhãs acordei assustado
Com as lágrimas prateando meu rosto
Quando eu não te via ao meu lado
E eu agonizava em profundo desgosto!

Várias foram as vezes que te desejei
Banhando em luar comigo no relento
Nossos corpos refrigerados pelo vento
Por quantas vezes assim eu te sonhei!...

Mas não sou o teu poeta amigo preferido
Nem sou eu o capitão deste teu coração,
Essa nau a vagar pelo espaço infinito
A procurar por mais um porto-solidão...

Por quantas noites eu adormeci
E te tive povoando meu sonhar
Voávamos sobre as ondas do mar
Você era Penélope eu era Peri!


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
647
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 11/04/2012 18:54  Atualizado: 11/04/2012 18:54
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: Penélope & Peri P/ Gyl


Quantas foram as vidas
Que sonhei contigo aqui
Amarrotadas envelhecidas
Tantas as que não frui...

Mas volto sempre ao mesmo lugar
Porque cada vida eu encaminho...
Vou sempre te procurar
Para te dar o meu carinho

Peço desculpa...mas divaguei...rsrs

Adorei, mais uma vez...Parabéns meu amigo poeta!rs

Beijos mil...Gyl!

Felisbela