https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Insensa Tez Revisited

 
.



ninguém sabe porque escreve
ou porque o céu desflorou a virgem;
ou quanto sal nesse beijo nos foi
que a ampulheta virou rosa
pegou de assalto a velha locomotiva
e nesse instante tu sorriste;

chorem por mim que eu só quero
____________o que dói ou não existe



.

 
Autor
MarioRevisited
 
Texto
Data
Leituras
823
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
FelipeMendonca
Publicado: 02/07/2012 21:48  Atualizado: 02/07/2012 21:48
Luso de Ouro
Usuário desde: 01/12/2011
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 509
 Re: Insensa Tez Revisited
Mário, não sabemos porque vivemos, por isso tanto escrevemos mesmo quando não sabemos porque escrevemos. Gostei do teu poema; ele traduz esse valor. Gostaria de publicá-lo num bolg de poesia com o qual contribuo. O endereço é

http://po-de-poesia.blogspot.com

Grande abraço.