https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

NASCI VELHO

 
Nasci sem dentes nem cabelo.
A pele um pouco enrrugada
Quero dizer... nasci velho
E da vida não sabia nada.

Os dentes vieram e o cabelo também.
A pele começou a ter beleza.
Diziam uns... que lindo rôsto êle tem!!
Eram amigos, tenho a certeza.

Comecei a andar e a correr.
A vida passou a ser uma aventura.
Àvido saber de ler, contar, escrever,
Na escola começou a minha cultura.

Depois o trabalho,a tropa.
Do namôro ao casamento.
Os filhos de vento em pôpa
Os netos, ternura de todos os momentos.

Os dentes caíram e o cabelo também.
A pele voltou a ser enrrugada
Da vida me sinto refém;
E da vida , ainda não sei nada!

A. da fonseca




SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
1223
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 06/12/2007 20:50  Atualizado: 06/12/2007 20:50
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: NASCI VELHO p/ Alberto da fonseca
Querido poeta

RSRSRSRSRSRSRSRSSR

Muito bom...na verdade excelente
PARABÉNS

beijo no coração