https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Intervenção : 

Na forja

 
Tags:  desemprego    Austeridade    desertificação  
 
Na forja
 
O sonho assente
na bigorna da vida
Arde na fornalha
da expectativa

É malha ilusória
a fogo martelada
Fagulha displicente,
sobras do passado

Na forja, o futuro
jaz hipotecado
Refratário o tempo
movido a saudade

Lá fora, um mundo
de oportunidades
Cá dentro, o ferreiro
Já não tem trabalho

Maria Fernanda Reis Esteves
53 anos
natural: Setúbal
 
Autor
Nanda
Autor
 
Texto
Data
Leituras
920
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
5
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 06/03/2013 01:10  Atualizado: 06/03/2013 01:10
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Na forja
Essa alusão de 'lá fora o mundo',
e dentro "uma porta apagada'.
A realidade poeticamente bela.
Muita paz, saúde e inspiração... o dia pode ter passado,
mas venho deixar um abraço de aniversário, mesmo que tardio.
Da lembrança não foge. Beijo Nanda querida.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 10/03/2013 19:27  Atualizado: 10/03/2013 19:27
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29264
 Re: Na forja
Nas bigornas da vida esta a forja da amar nas marteladas nas saudade

Enviado por Tópico
FalcãoSR
Publicado: 11/03/2013 07:36  Atualizado: 11/03/2013 07:36
Colaborador
Usuário desde: 30/06/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 2785
 Re: Na forja
Nanda,


Maravilha minha querida amiga!


Beijo

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 30/01/2017 00:46  Atualizado: 30/01/2017 00:46
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Na forja/ PARA NANDA
Nos versos desse empolgante poema, a poesia cumpre com uma de suas missões : fazer respirar as palavras e o pensamento, e forjar no leitor uma leitura atenta sobre o "cadinho" purificador que cada qual traz na própria vida.

Magnifico, Nanda. Amei!

Bjinhos..

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/01/2017 15:29  Atualizado: 30/01/2017 15:29
 Re: Na forja
Muito Belo poema. Gostei Nanda!
Beijinho