https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Aranhas

 
Aranhas

Babosas, entretecem fio, fazem a teia.
Atraem as suas presas desprevenidas.
Prisioneiras, nos seus abraços falsos,
simulando ardilosas, carícias fingidas.

Teia tentadora, ténue, delicada e sólida
suporta o peso de labéus prementes,
baloiça como baleeira, em onda cálida
Onde adormecem tontos,inconscientes.

Em esquemas já estruturados e sábios.
As pernas longas e finas espreguiçam,
peganhentas. Levam veneno nos lábios.

Mordem as vítimas, sofrem por fim.
Sôfregas, ávidas, gulosas insaciáveis.
Tomai cuidado, que há muitas assim.

Vólena

 
Autor
Volena
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3186
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
12
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tosco_Bardo
Publicado: 22/03/2013 10:59  Atualizado: 22/03/2013 10:59
Da casa!
Usuário desde: 16/02/2013
Localidade:
Mensagens: 234
 Re: Aranhas - p/ volena
aranha arranha o jarro
as teias guarnecem as entradas das grutas habitadas pelas aranhas e a vitima que invade o recôndito da teia leva maravilhosas mordidas . ainda bem que há muitas por ai. um abraço tosco




Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/03/2013 11:26  Atualizado: 22/03/2013 11:26
 Re: Aranhas
as verdadeiras aranhas não são nada disso. detesto quando confundem aranhas com humanos!


Enviado por Tópico
JPAnunciação
Publicado: 22/03/2013 11:32  Atualizado: 22/03/2013 11:32
Luso de Ouro
Usuário desde: 18/06/2008
Localidade: Évora / Lisboa
Mensagens: 250
 Re: Aranhas
cara Volena,

Um poema metafórico e subtil quanto baste.
"Tomai cuidado, que há muitas por aí." Genial.

Beijos,
JP


Enviado por Tópico
YnahAdah
Publicado: 22/03/2013 14:37  Atualizado: 22/03/2013 14:37
Participativo
Usuário desde: 20/03/2013
Localidade: Brasil
Mensagens: 14
 Re: Aranhas
Há que se ter cuidado com tudo
já que a vida é uma teia.

Paz!

Ynah


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/03/2013 18:54  Atualizado: 22/03/2013 18:54
 Re: Aranhas
Olá, Vólena

Muito bom o seu poema. Realmente, as aranhas agem assim por instinto de sobrevivência inerente a todos os seres, só que elas não têm a maldade que os humanos têm.Os que se comportam que nem aranhas assim o fazem de caso pensado.Entendi a sua mensagem. É isso aí.
bola pra frente.
Muita luz e paz
bj
Angela