https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

mar do olhar

 
debruçado à janela
me afoguei
no mar que é olhar

quem poderá me salvar
da pluralidade do mundo?
me afoguei
bebi toda a água
das imagens

os barcos da janela
navegam
no mar do olhar

o olhar olha
e é todo um mar
um peso de mar
que empurra, arrasta
a janela
para longe



Úmero Card'Osso

 
Autor
umero
Autor
 
Texto
Data
Leituras
606
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/07/2013 11:00  Atualizado: 12/07/2013 11:00
 Re: mar do olhar
imenso este olhar...abraços