https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

ASTRO DUO

 
ASTRO DUO
 
 
Adentro a invernia que ora me habita...
Intento achar um segundo sol dentro da
névoa fria que me acerca.
Acerca dos meus desejos, verão em mim!...
Eu trago-te em meu peito fendido da ilimitada
espera, da longevidade que me é presente e
que rejeito.
Colho rosas à beira do precipício, frontispício
para a glória.
Em altas esferas, em divina dimensão teus
cânticos me acalmam a verve, mas não me
aquietam o espírito livre em amor.
A tua voz é como música que me move neste
meu mundo de silêncios em que te grito em
meu arrebatado âmago.
Brindo-te a cada manhã que se inicia em minhas
auroras enevoadas...
Faço arder o astro rei que todos os dias renova-se
em mim por ti!...


Cacau Loureiro

 
Autor
cacauloureiro
 
Texto
Data
Leituras
545
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 15/09/2013 16:11  Atualizado: 15/09/2013 16:11
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6753
 Re: ASTRO DUO
Um maor que habita o nosso coração, amor e paixão