Poemas : 

chora

 
 
as penas caem
dependurado
feito em pedaços estilhaçados
de vida
em vidas vividas
e chora
chora as lágrimas de saudade
chora as lágrimas de dor
chora as lágrimas desse teu eterno amor
chora
e as penas caem
uma por uma
pena a pena
neste chão frio
onde a solidão emana
onde a dor se esconde
onde a lágrima se perde
chora
chora

apenas chora


"Quanto maior a armadura, mais frágil é o ser que nela habita!"



 
Autor
Gothicum
Autor
 
Texto
Data
Leituras
774
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.