https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas dos campos sem fim

 
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;
;
;
;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;
;
;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;
;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;


; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas dos campos
sem fim

sem o tédio que a poeira dos caminhos invade

I

nada te trago de novo
nem o tafetá para cobrir a nudez da cascata

porque as partidas são como os crepúsculos

sós
inertes.

II

enquanto os corpos se constroem

e a recordação peregrina
os esquecimentos

ser-me-á perene
a vã ilusão

de te alcançar

III

as aves
[antes voando sem rota]

descansam nas breves nuvens
por onde o sol
se esconde.




"Forfante de incha e de maninconia,
gualdido parafusa testaçudo.
Mas trefo e sengo nos vindima tudo
focinho rechaçando e galasia.
Anadiómena Afrodite? Não:"

("Afrodite? Não" Jorge de Sena)

 
Autor
F.Duarte
Autor
 
Texto
Data
Leituras
819
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
51 pontos
13
7
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 11/10/2014 12:04  Atualizado: 11/10/2014 12:04
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29220
 Re: ; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas do...
Corpos que se constroem nas essências dos lábios, pulverizando aquele belo alcançar, que o silêncio descansa seu amor nas cores dos seios, onde o desejo se esconde.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/10/2014 17:55  Atualizado: 11/10/2014 17:55
 Re: ; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas do...
leito de palavras onde o espírito voga e se liberta
pelo sonho
em descanso
evoluindo
mais feliz

assim fico eu

Um Sorriso


Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 11/10/2014 20:55  Atualizado: 11/10/2014 20:55
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: ; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas do...
Que lindo cantar Duarte entre campos sem fim...sim, são lembranças mergulhadas em saudades, que ora voam, que ora poisam e :


"; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas dos campos
sem fim

sem o tédio que a poeira dos caminhos invade"

"Um must"

Bj


Enviado por Tópico
sommerville
Publicado: 11/10/2014 22:47  Atualizado: 11/10/2014 22:47
Colaborador
Usuário desde: 21/08/2011
Localidade: Porto, Portugal
Mensagens: 1001
 Re: ; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas do... :-(


amigo, favorito,porém,triste...um erro no mouse originou o polegar errado.perdoe.
grato.


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 12/10/2014 08:06  Atualizado: 12/10/2014 08:06
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: ; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas do...
E minha última leitura e magnífica.
O sono e cansaço tomam os versos cortando
Minha admiração com palavras. Bjs


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 13/10/2014 22:19  Atualizado: 13/10/2014 22:19
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: ; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas do...
Que beleza!
Saio do teu poema
com a alma mais leve.
Magnífico ler-te!
bj


Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 19/10/2014 18:31  Atualizado: 19/10/2014 18:31
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 679
 Re: ; gritas as cores do silêncio símiles às orquídeas do...
Porque a solidão...resguarda a beleza indescritível de uma timidez forte e encantadora...flor predileta, flora a orquídea que se enraizou em mim...
Tão lindo que já o fiz meu...rsrsrs
Bjão,
V.