https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

flambado em conhaque

 
há vestidos puros e cores roucas
dissimulados no deleite da imaginação.
fogo, gelo, vento, silencio
queimando em fogo lento
na luz suave das lamparinas

há vestidos bíblicos, raras vezes tocado
pela luz direta dos olhos.
e os nus, parecem feitos
do completo silencio das cores


há vestidos, que embrenham-se na memória
como anjos ao longe
e de perto, puros demônios lambendo a lâmina da faca
mata só com o pensamento

há vestidos, flambados em conhaque
que morde os lábios para segurar seu nome
enquanto a alma voa... para outro lugar

morre e nasce... como se fosse o ar da noite.




Vania Lopez


Devo confessar que sou o contrário, meus passos seguem em contrário.
Sou uma pessoa inquieta, vou onde meu vento me leva. Artista Plástica e escritora, as vezes sem saber se pintoraqueescreve ou escritoraquepinta...
Procuro por algo, mas a intenção n...

 
Autor
Vania Lopez
 
Texto
Data
Leituras
1321
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
48 pontos
22
5
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 23/11/2014 23:59  Atualizado: 23/11/2014 23:59
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4705
 Re: flambado em conhaque
É uma constante na sua escrita essa correnteza de sensações que nos assaltam, magia pura.
Obrigada, volte sempre. rs

Beijo.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 24/11/2014 02:04  Atualizado: 24/11/2014 02:04
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10200
 Re: flambado em conhaque
Quando dominamos o processo alquímico, nossos restos mortais se convertem em múmias, ao invés de cadáveres, parabéns pelo eloquente enredo poético, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/11/2014 08:22  Atualizado: 24/11/2014 08:22
 Re: flambado em conhaque
é um gosto desabotoar este vestido de palavras. parabéns, Vânia.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/11/2014 10:34  Atualizado: 24/11/2014 10:34
 Re: flambado em conhaque
O fluir da tua escrita e magico!

Envolvo-me na tua poesia do inicio ao fim!

Lindo!

Beijos.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/11/2014 13:48  Atualizado: 24/11/2014 13:48
 Re: flambado em conhaque
" morre e nasce ... como se fosse o ar da noite"

Adoro tua escrita, as metáforas que crias me encantam... sempre!



Parabéns , querida Vãnia!


Bjs,



Alice


Enviado por Tópico
sisnando
Publicado: 24/11/2014 16:26  Atualizado: 24/11/2014 16:26
Membro de honra
Usuário desde: 21/10/2008
Localidade: Fafe - Braga - Portugal
Mensagens: 891
 Re: flambado em conhaque


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 24/11/2014 18:35  Atualizado: 24/11/2014 18:35
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 18112
 Re: flambado em conhaque
Parabéns Vania
Perfeito a começar pelo título! Amei!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 24/11/2014 22:33  Atualizado: 28/11/2014 16:51
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2788
 Re: flambado em conhaque
Guardas a chave da noite.
Desfilas no inverno,
dentro dos vestidos
flambados com conhaque.

Choras na Cantareira
para atrair a chuva
aos teus pomares.


Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 25/11/2014 13:14  Atualizado: 25/11/2014 13:14
Membro de honra
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3985
 Re: flambado em conhaque
Que perfeito, Vania!
Me encantou!
Um beijinho!

*-*


Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 01/12/2014 01:23  Atualizado: 01/12/2014 01:23
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 678
 Re: flambado em conhaque
Minha querida, a noite que há dentro de mim se permite receber-te estrela, guia das minha estradas infindas...hoje, depois da nossa conversa, entendi um pouco melhor porque me identifico tanto contigo...então, em agradecimento pelo carinho deixo um mimo, algo que me lembra e me traduz, assim como você!
Uma semana de riquezas em bençãos!
Bjão,
V.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/12/2014 10:48  Atualizado: 10/02/2015 09:45
 Re: flambado em conhaque
Anonimos do silêncio que não se oculta em eneltecer os momentos de o planto flambado nos axiais de um sabor bocal que se vestimos nos lentos de nossas imaginações, adicionando em nossos pensamentos os gostosos desejos.