https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

medo

 
__________________
__________________
__________________
__________________
__________________

aquela coisa velha
que me olha de esguelha
e sempre parece séria
com a pulga atrás da orelha
que chora miséria
e pra dizer que ri
só levanta a sobrancelha


alguns anos de solidão - blogue

"ah, meu deus do céu, vá ser sério assim no inferno!"
- Tom Zé


 
Autor
Caio
Autor
 
Texto
Data
Leituras
794
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
37 pontos
3
5
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 01/01/2015 03:29  Atualizado: 01/01/2015 03:29
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2400
 Re: medo
Simplesmente perfeita sua descricao.
O sentimento.
Essa antagonia de expressao.
E aquele mesmo e velho sentimento,
com o qual nao podemos lutar.

Querido Caio, que seu ano de 2015 seja muito lindo,
cheio de alegrias saude, paz, alegrias, muito amor,
e surpresas, surpresas muito felizes!


Um beijo!

*Mary Fioratti*

Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 03/01/2015 20:22  Atualizado: 03/01/2015 20:22
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: medo
Há olhares assim Caio que "nos" causam "medo"...sendo assim é a voz da experiência que fala mais alto, daí, para refletir...
bj

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/01/2015 20:31  Atualizado: 03/01/2015 20:31
 Re: medo
(Já não se morre de velhice
nem de acidente nem de doença,
mas, Senhor, só de indiferença.)

Cecília Meireles,