https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ícaro Avesso

 
Ícaro Avesso
 
Antes de morrer, acendeu um cigarro.
Como uma fome, uma ereção,
Seu corpo sentiu desejo de câncer.
Afinal, para quem está vivo, o que mais resta, senão,
Escrever a morte com dois quartetos e dois tercetos?
Tragou a fumaça e, sóbrio,
Lembrou-se de poemas beats que leu no passado.
Enquanto limpava a testa com o lenço velho,
Solfejou Belchior.
Apesar dos dedos trêmulos,
Ajeitou a barra da calça que poderia atrapalhar.
Levantou, pegou dois tijolos que estavam encostados,
Posicionou-os próximo ao parapeito de onde via a cidade
- impressionante como nunca havia notado que o vizinho ouve sempre boleros antigos... – disse.
Mirou um orelhão na avenida,
Coçou o calcanhar com a unha suja,
Tomo distancia e despencou.
Enquanto caia, pensou: “será que desliguei o abajur?”

Sua foto, no jornal de hoje, embrulhou o fígado que comprei.


Eu sou a vertente mórbida de um anjo bom. A poesia trágica, o constante inconstante, o sopro gélido de uma noite fria. Creio ortodoxamente no que duvido, abrigo extremos, escrevo poemas em meio a balas de canhão. Odeio o lirismo covarde, as frases sem ...

 
Autor
roniel.oliveira
 
Texto
Data
Leituras
810
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
fotograma
Publicado: 14/11/2012 14:55  Atualizado: 14/11/2012 14:55
Colaborador
Usuário desde: 16/10/2012
Localidade:
Mensagens: 1576
 Re: Ícaro Avesso
impagável, particularmente o final

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 14/11/2012 15:20  Atualizado: 14/11/2012 15:20
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8222
 Re: Ícaro Avesso
Já tinha lido o poema anterior que me surpreendeu; este foi só a confirmação que temos no site mais um excelente escritor. Gostei demais.
Abraço
Roque

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 14/11/2012 18:00  Atualizado: 14/11/2012 18:00
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: Ícaro Avesso
Mais que bem escrito, bem estruturado, com um treno final demolidor.

Lembrou-me, vagamente, um texto meu, daqueles que se escrevem e se esquecem...

Ficou um momento de olhos fechados, tomando o gosto à eternidade. Quando os abriu, só havia azul e a contraluz feriu-o de morte.

-Raios, daqui não saio, um homem tem, pelo menos, direito ao chão!...


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ryid=210457#ixzz2CDkcbvNp
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Um abraço de boas-vindas.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/11/2012 03:52  Atualizado: 15/11/2012 03:52
 Re: Ícaro Avesso
Crú e sangrento como o fígado em jornal embrulhado. Parabéns.

Enviado por Tópico
Caio
Publicado: 06/08/2013 02:29  Atualizado: 06/08/2013 02:29
Colaborador
Usuário desde: 29/09/2011
Localidade: Olinda, Pernambuco
Mensagens: 1148
 Re: Ícaro Avesso
esse autor, sim, lembra o júlio.

faz falta.

Enviado por Tópico
Yan_Booss
Publicado: 06/08/2013 02:35  Atualizado: 06/08/2013 02:35
Da casa!
Usuário desde: 26/08/2011
Localidade: Brasil-BR (Itinerante)
Mensagens: 374
 Re: Ícaro Avesso
e também com aquele sutil suspense dum Nelson Rodrigues. excelente.

Yan