https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Amor Sem Refrão

 
Nosso amor era magia
Era uma fruta proibida
Que não tinha estação

Assim nosso amor era
Renascia na primavera,
No inverno ou no verão.

Era as palavras não ditas
Água cristais e benditas
Pomo pulcro e temporão.

Assim era o nosso amor
Um misto de dor e alegria
Nosso amor era todo poesia

Entretanto não tinha refrão.


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
609
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
39 pontos
11
6
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/01/2015 08:45  Atualizado: 09/01/2015 08:45
 Re: Amor Sem Refrão
*Menestrel, cantas o AMOR em todas suas facetas!
Bom estar por perto...sinto-me em casa!
Beijoka*


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 09/01/2015 09:47  Atualizado: 09/01/2015 09:47
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6778
 Re: Amor Sem Refrão
Um amor que se remanesce nos olhos do coração, que beilham sobre os cristais da paixão.

lido poema


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/01/2015 12:02  Atualizado: 09/01/2015 12:02
 Re: Amor Sem Refrão
Nem toda canção necessita refrão, acredito que no amor também seja assim, como neste poema que é melodia aos ouvidos...
Aplausos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/01/2015 15:38  Atualizado: 09/01/2015 15:38
 Re: Amor Sem Refrão
Que bonito poema e como melodia.
Gostei.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/01/2015 16:20  Atualizado: 09/01/2015 16:20
 Re: Amor Sem Refrão
rítmico e bem rimado. um prazer ler. parabéns, Gyl


Enviado por Tópico
Álvaro
Publicado: 13/07/2018 03:46  Atualizado: 13/07/2018 17:04
Da casa!
Usuário desde: 02/09/2009
Localidade: Serra Talhada - Pe
Mensagens: 268
 Re: Amor Sem Refrão
Talvez o "refrão" desse amor tenha sido inatingível ou desconstruído, quem sabe. Parabéns poeta!