https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Palavras-bala

 
Open in new window
Palavras carregadas de ódio
São palavras-bala disparadas no silêncio,
Saem pela culatra "boca"
Pra alvo indefeso atingir.

O ricochetear das palavras-bala,
Fere a sensibilidade d'alma,
Traz ódio, dor e desconfiança
Aos lares reinados pela desavença.

Urge medir e pensar palavras
Antes de soltá-las no ambiente conjugal.
Na frenética busca de conciliação,
Usa-se palavras ungidas de mel.


Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
543
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
8
4
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Anacduarte
Publicado: 23/10/2015 21:56  Atualizado: 23/10/2015 21:56
Colaborador
Usuário desde: 11/10/2015
Localidade: Azeitão
Mensagens: 503
 Re: Palavras-bala
Grande poeta upanhaca não podia estar mais de acordo sim as palavras se conseguem remover.
Saiem magoam e não se conseguem remover

Um abraço
Acd


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 24/10/2015 01:17  Atualizado: 24/10/2015 01:17
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15994
 Re: Palavras-bala
Concordo Poeta! Apreciei a leitura!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 24/10/2015 01:32  Atualizado: 24/10/2015 01:32
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6447
 Re: Palavras-bala
Boa noite, Upanhaca,

Quanta verdade em seu texto.Parabéns!

Abraços,
Mary Jun


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 24/10/2015 11:02  Atualizado: 24/10/2015 11:02
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29155
 Re: Palavras-bala
Acho que antes de falarmos certas palavras temos que observar os momentos refletir os instante para não ficar aquele desagrado