https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

É fácil, tão fácil impor a lei

 

É fácil regrar a sociedade,
É fácil educar os delinquentes,
É fácil, tão fácil impor a lei
Nesta sociedade convalescente

Quantos ombros doridos
Foram parar ao hospital por esticão?
Quantos olhos veem e fingem não ver
O desvio duma mala esquecida numa gare?

Foram tantos os ombros parar ao hospital,
Foram tantas as malas perdidas na gare
Por culpa da delinquência tolerada
Pela sociedade, que tudo vê e nada faz

É fácil regrar a sociedade,
É fácil educar os delinquentes,
Com mochilas Bombas oscilando nos ombros
E malas explosivas deixadas ao acaso na praça

Jamais houve esticão na praça pública,
Jamais houve desvio das malas esquecidas na gare,
É fácil, tão fácil impor a lei
Nesta sociedade convalescente
Open in new window

Adelino Gomes-nhaca



Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
290
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
6
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 04/05/2017 07:28  Atualizado: 04/05/2017 07:28
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: É fácil, tão fácil impor a lei
Infelizmente existe gente demente que não sabe o que faz e não respeita o mais sagrado: a vida humana.

Meus parabéns!!

Um abraço


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 04/05/2017 12:22  Atualizado: 04/05/2017 12:22
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29155
 Re: É fácil, tão fácil impor a lei
Estamos vivendo dentro da democrácia uma plutocracia onde o tamanho é de uma validade somente para a burguesia, que fazem a s leis impondo o interesse somente para eles


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 04/05/2017 14:00  Atualizado: 04/05/2017 14:00
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: É fácil, tão fácil impor a lei PARA UPANHACA
Muito difícil querido Adelino impor a Lei, num mundo composto em sua maioria , por "foras-da-lei"...
E os ditos homens bons, se aquietam na passividade , fazendo o mal tanto quanto aquele que o pratica...

Muito bom teu poema. Inspirador pra quem anda indignada como eu, com o mal que assola o Brasil!

Beijinhos