https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

De amor nada sei

 
Talvez te queira
mais que ontem
e menos que amanhã,
não sei bem,
porque eu
de amor
nada sei.

Mas avanço
lanço a lanço
e sem medo,
mas ele confunde
tem vida própria,
sem rédea
sem regra,
não dá trégua.

Avanço
puxo a alavanca
destranca-se a porta,
porque não tive medo
nem guardei segredo
deste amor
de que te queria,
até aos céus dizia,
lia contos,
sonhava por pontos
nos teus is,
não tive medo e colhi
a flor de lis
mais bela do jardim,
e no fim
é tudo amor.

E sei que te quero
mais que ontem
e menos que amanhã.



Nascimento

 
Autor
T.Nascimento
 
Texto
Data
Leituras
706
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
39 pontos
3
6
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 23/04/2015 20:47  Atualizado: 23/04/2015 20:47
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17760
 Re: De amor nada sei
Parabéns Poeta
Perfeito! Apaixonante!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Poemas&Amigos
Publicado: 24/04/2015 03:35  Atualizado: 24/04/2015 03:35
Super Participativo
Usuário desde: 23/04/2015
Localidade:
Mensagens: 165
 Re: De amor nada sei
Lindo poema de se ler!

Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 24/04/2015 07:57  Atualizado: 24/04/2015 07:57
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2371
 Re: De amor nada sei
Afinal sabe ou não sabe?
Quer-me bem parecer que sim :)