https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

em concha

 




Adornas-me o peito com duas conchas
abrigos de lábios e de boca quente.

Numa chama de ternura, as mãos
fogosas vêm conchear o meu corpo
na maré cheia.

No talhe da paixão, crescem ondas nos
corpos presos pela cavilha.
Em pureza, pulsa a rosa sedenda.
Em embriaguez sanguínea alteiam
abraços do profundo libido.
Inteiro em mim, demoraste no
ventre desflorado.
Pétala a pétala ateas beijos na minha boca.
Eu afundo-me em ti em concha.







Zita Viegas















 
Autor
atizviegas68
 
Texto
Data
Leituras
532
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
4
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 21/06/2015 16:25  Atualizado: 21/06/2015 16:25
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15212
 Re: em concha
Deliciosa leitura. Enche os olhos e acoberta o coração. Abraços!

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 21/06/2015 17:41  Atualizado: 21/06/2015 17:41
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6609
 Re: em concha
Poema repleto de emoções vindas do fundo do coração. Lindo, adorei.
Abraço!
upanhaca

Enviado por Tópico
pAuLoGaLvAo
Publicado: 21/06/2015 17:46  Atualizado: 21/06/2015 17:46
Colaborador
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 613
 Re: em concha
Verso por verso se aconchega uma leitura vibrante. Parabéns

Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 02/08/2015 15:19  Atualizado: 02/08/2015 15:19
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1380
 Re: em concha
obrigada pela vossa leitura e comentários.

Abraço