https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Outros tempos

 
Tags:  família    casa    respeito  
 
Open in new window

Outros tempos.

Gosto muito do passado e me lembro
Que os filhos aos pais tinham respeito
Sendo o caráter ainda bom conceito
E cada um da família era um membro

Se um filho errasse pagava o castigo
Pois trabalhava a semana inteirinha
E caso desse um passo fora da linha
Não poderia sair ao chegar domingo

Deixava a porta fechada com barbante
Pois podia sair em qualquer instante
Que jamais ninguém iria entrar nela

Mas hoje é quase tudo bem diferente
Falta-se o respeito até com a presidente
E há alguns cretinos que batem panela.

Jmd/Maringá, 29.09.15




verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
421
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Pacheco
Publicado: 29/09/2015 21:33  Atualizado: 29/09/2015 21:33
Da casa!
Usuário desde: 28/09/2015
Localidade: Rio das Ostras - Brasil
Mensagens: 202
 Re: Outros tempos
Tudo verdade, poeta! Hoje em dia quase tudo é efêmero, quase tudo é superficial...ótimo soneto!

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 29/09/2015 22:05  Atualizado: 29/09/2015 22:05
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: Outros tempos
Hoje na não existe a essência de valores, em as condutas, para onde se foram.

O senso liberdade é confundido com libertimagem